Dica de Leitura: Ricardo Lísias, “O Tom Certo”

O Ricardo Lísias já foi tema de vários posts aqui no words of leisure, né?

Eu realmente gosto da escrita do moço, como vocês podem ver aqui.

ricardolisias-tomcerto
Fonte: Revista piauí

Então, cá estou eu para recomendar mais uma leitura. Desta vez, o texto é “O Tom Certo“, publicado na edição 79 da revista piauí.

Cito:

Eu e o Orlando nascemos no mesmo dia: 7 de julho de 1975. Não sei, porém, se foi por causa da data do nosso aniversário que entramos um ano antes na 1ª série. Não tínhamos noção, mas estávamos adiantados. Aprendemos a ler antes de completar 7 anos. A sala era pequena e os alunos demonstravam mais ou menos o mesmo nível.

Não me lembro de quase nada. O Orlando tinha uma lancheira maior que a minha e gostava de correr na hora do recreio. Eu detestava, mas de vez em quando ia atrás dele. A gente evitava o banheiro do pátio porque a loira morava na última portinha. O do corredor não tinha fantasma, embora eu também não gostasse de usá-lo. Meu amigo era mais corajoso.

Muito bom, vale a pena ler.

Volto mais tarde | Ao som de Raul Seixas – Maluco Beleza |

 

Na Minha Estante: Ricardo Lísias, “O Céu Dos Suicidas”

O Ricardo Lísias já foi “alvo” de quatro posts aqui no words of leisure:

Dicas de Leituras: Divórcio (o meu favorito, entre esses)

Dicas de Leitura: A Corrida

Dicas de Leituras: Carta ao Governador

Review – Livros: Granta e “Os Melhores Jovens Escritores Brasileiros”

Foi justamente a leitura de todos esses que me fez, na minha última visita à São Paulo, sair da incrível Livraria Cultura com O Céu dos Suicidas nas mãos. Afinal, já era fã do cara por conta da Revista piauí.

ricardo-lisias

Continuar lendo “Na Minha Estante: Ricardo Lísias, “O Céu Dos Suicidas””

Na Minha Estante: Granta, “Os Melhores Jovens Escritores Brasileiros”

Quando fiquei sabendo do lançamento da edição da Granta e “Os Melhores Jovens Escritores Brasileiros” fiquei super animada para ler (como falei aqui).

Tinha dois autores como foco principal: o primeiro era um dos alvos do meu amor platônico, João Paulo Cuenca. Ele já foi tema de dois posts: A Última Madrugada, O único final feliz para uma história de amor é um acidente.

O outro era o Ricardo Lísias, que já teve três posts: Divórcio, A Corrida e Carta ao Governador.

A minha Granta!
A minha Granta!

Mas sabia eu as belas surpresas que me esperavam ao ler a revista.

Continuar lendo “Na Minha Estante: Granta, “Os Melhores Jovens Escritores Brasileiros””

Dica de Leitura: Carta ao Governador

Por um tempo, como compradora e depois como assinante da Revista Piauí, eu sempre fui de abri-la e começar a ler as publicações aleatoriamente.

Até me deparar com o primeiro texto do Ricardo Lísias, Divórcio. Quando saiu A Corrida veio a certeza de que tenho que ter os livros dele.

Fonte: Revista Piauí

Quando eu recebi a última edição aqui em casa, e vi o nome dele na capa, não tive dúvidas e fui ler Carta ao Governador de cara. Li o índice, que é algo que eu nunca faço.

Sim, Ricardo Lísias conseguiu um feito: mudar meu padrão obsessivo de leitura. Mesmo quando este é aleatório.

Não é a toa que ele foi escolhido pela revista inglesa Granta como um dos melhores jovens autores brasileiros que merecem destaque. O cidadão é maravilhoso.

Bom, clique no link para ler o ótimo Carta ao Governador.

Ah, eu continuo precisando dos livros dele.

Volto mais tarde | Ao som de Suede – High Rising |

Dica de Leitura: Ricardo Lísias, “A Corrida”

No mês de novembro, eu fiz um post em que recomendava a leitura do maravilhoso texto “Divórcio”, do Ricardo Lísias, na Revista piauí.

Fonte: Revista piauí

Pois bem, o mesmo autor publicou mais um texto, na edição de fevereiro, chamado “A corrida”.

Também muito bom!

Na primeira semana, não dormi. De vez em quando, chegava àquele estado de sonolência em que vivem as pessoas muito ansiosas. No terceiro dia, eu me vi morto. Enxerguei meu corpo deitado e percebi que não respirava mais. A morte é uma condição que a gente vive acordado.

O segundo faz referências ao primeiro e, então, é melhor ler na ordem.

Link para Divórcio.
Link para A Corrida.

Tenho que comprar o livro dele.

Volto mais tarde | Ao som de Norah Jones – Turn Them |