Coluna da Primogênita: Dicas de BH – Os Meus Pães Favoritos Na Cidade

Intolerantes ao glúten, não me ofenderei se vocês saírem deste post agora, pois este será uma ode ao pão! Ao pão de verdade, artesanal que desde os tempos mais remotos nutre a humanidade.

Foto: Acervo Pessoal Bagueteria Francesa

Foto: Acervo Pessoal
Bagueteria Francesa

Continuar lendo

Anúncios

Dicas de BH: Cum Panio Atelier De Pães

Já tinha um tempo que eu queria escrever sobre a Cum Panio aqui no words of leisure devido à qualidade dos pães que comi, mas não poderia enquanto não fosse na padaria pessoalmente.

Como isso aconteceu recentemente, aqui está.

cumpanio

Fonte: cumpanio.com.br

Uma das melhores, quiçá a melhor padaria de Belo Horizonte.

Impressionante o trato dados aos pães ali. Seu “nome completo” faz jus ao que é praticado ali: Atelier De Pães.
Sim, porque a sensação que dá é que o pão é tratado como um verdadeiro objeto de arte.

Eles são diferentes, com ingrediente pra lá de inusitados, como figo, abobrinha, azeitona, queijo parmesão, entre outros.
O de chocolate é um pecado na Terra: branco, ao leite e amargo. Derrete na boca.
O brioche e o croissant também são deliciosos.

Fonte: cumpanio.com.br

Fonte: cumpanio.com.br

Obviamente, tudo isso reverte no preço. Não é uma padaria simples, para comprar o pãozinho do café da manhã.
Mas vale a pena demais.

O ambiente é lindo, dá vontade de ficar ali o dia todo….comendo….

O atendimento também é diferenciado. Inclusive, conto uma situação que nós passamos: compramos um pão que não estava muito legal, meio seco. Comentamos o ocorrido. Resultado: desconto na compra seguinte.

Bacana, isso. Tratar cliente com respeito.

Então, pessoas, fica a dica!

pain-dantan

Fonte: cumpanio.com.br

Endereço:

Rua do Ouro, 292, Bairro Serra, Belo Horizonte.

PS: a loja tem estacionamento, mas ele é bem complicadinho…

Horários de funcionamento:

Terça a Sexta: das 11 às 19:30h/ Sábado: das 11 às 14h/ Domingos, segundas e feriados: não abre.

Site:

www.cumpanio.com.br

Volto mais tarde | Ao som de Blur – Tracy Jacks |