Hoje…Algum Tempo Atras: 196 anos Sem Jane Austen

Eu já expressei aqui no blog todo o amor que sinto pelo Orgulho e Preconceito, que completou 200 anos, em 2013.

Um dos meus livros favoritos na vida, que me tocou profundamente.

Eu, a minha mão e a minha cópia
Eu, a minha mão e a minha cópia

Pois bem, o dia de hoje marca os 196 anos do falecimento de sua incrível autora, Jane Austen.

O Opera Mundi traçou um perfil dela, bem bacana.

Jane-Austen-9192819-1-402

Aos 30 anos, Austen começa a publicar sob pseudônimo seus trabalhos. No período 1811-16, publica Razão e Sensibilidade, Orgulho e Preconceito, obra à qual se referia como sua “filha querida” e que recebeu aclamação da crítica, Parque Mansfield e Emma. Em 1816, aos 41, sua saúde começa a se debilitar. Faz grandes esforços para seguir trabalhando, reeditando livros assim como trabalhando num novo romance Os Watsons, que fou publicado postumamente sob o título Sandition.

Hoje em dia, Austen é considerada um dos grandes escritores da história literária da Inglaterra, tanto pelos acadêmicos, pelos críticos como pelo público em geral. Em 2002, numa enquete promovida pela BBC, o público britânico colocou Austen no 70º lugar entre os “100 Bretões mais Famosos de Todos os Tempos”.

Para ler o restante, sobre essa admirável pessoa, clique aqui.

Volto mais tarde | Ao som de The Corrs – When The Stars Go Blue |

Dica de Leitura: “Teatro Bolshoi Está Virando Um Grande Prostíbulo”, Diz Bailarina

Impressionante a entrevista da ex-primeira bailarina do Bolshoi, Anastasia Volochkova, ao Opera Mundi.

“Teatro Bolshoi está virando um grande prostíbulo”, diz bailarina

ballet5

Ela relata um episódio em que estava dançando o primeiro ato do Lago dos Cisnes e quando voltou para o camarim, viu que alguém havia tirado toda a purpurina do figurino que ela usaria no segundo ato. “Eu nunca descobri quem fez isso. Foram tantos problemas. No Bolshoi, se você tem um papel de destaque, tudo pode acontecer. Já colocaram até vidro dentro da minha sapatilha. Os bailarinos e bailarinas são capazes de tudo. Há até mesmo uma máfia de aplausos, grupos de pessoas que são contratados para aplaudir seus clientes”.

(…)

“Eu fui despedida, mas continuei em contato com as meninas (bailarinas). E elas me contaram que alguns oligarcas fizeram festas particulares no Palácio de Buckingham, em Londres, com a ajuda de Iksanov e Mikhail Shvydkoy (ex-ministro de Cultura da Rússia). Imagine o dinheiro gasto. Além disso, eles forçavam as meninas a participar destas festas e avisavam que durante os encontros com os oligarcas, haveria bebida e sexo…”.

Não consigo não lembrar do Cisne Negro. Só que muito pior, obviamente. Afinal, é vida real né?

Vale a leitura.

Volto mais tarde.

Ao som de The Killers – All These Things That I’ve Done

Hoje…Algum Tempo Atrás: A Fundação do Império do Japão

“O Japão celebra a cada dia 11 de fevereiro, a data nacional de sua fundação. Foi nesse dia que, no ano de 660 antes de Cristo, segundo a versão oficial, o imperador Jinmu Tenno, no dia de Ano Novo do calendário lunar, fundou o Império do Japão e se autoproclamou seu primeiro imperador. O trono teria sido ocupado por ele por 76 anos até o dia de sua morte, em 585 a. C., quando Jinmu – cujo nome significava literalmente “Guerreiro Divino” – já tinha alcançado 127 anos.”

Emperor Jimmu

600. a.C.!

Para ver o relato completo, feito pelo Opera Mundi, clique aqui.

Volto mais tarde.

Ao som de Arcade Fire – Rebellion (Lies)

Hoje…Algum Tempo Atrás: O Primeiro Show Dos Rolling Stones

Eu sigo alguns perfis no twitter que mostram eventos ou momentos importantes na história que ocorreram no dia em que se visita o site, porém anos, décadas ou séculos atrás.

Como eu acho muito bacana, postarei por aqui também. Claro que não vou fazer todos os dias, nem com todas as informações que vejo. Apenas com as que eu acho legais, interessantes..…

Começarei em grande estilo:

“War, children, it’s just a shot away. 
It’s just a shot away”

Continuar lendo “Hoje…Algum Tempo Atrás: O Primeiro Show Dos Rolling Stones”