Dica de Viagem: Cidades Europeias Baratas Para Mochileiros

Segunda vez na semana que sai post no words of leisure graças a links enviados por amigos.

<3 <3

Ainda no clima da Copa, o Globo listou 6 cidades europeias que são mais baratas para mochileiros.

De todas, não conheço nenhuma. Ainda.

Cito a que mais tenho vontade de ver.

mochila_sarajevo

Sarajevo, Bósnia e Herzegovina

Sarajevo tem dificuldades para atrair turistas por conta das lembranças nítidas da guerra de 1992. Mas a capital da Bósnia tenta reverter as memórias tristes com tours sobre o conflito que são algumas das atrações mais interessantes na cidade. Animada e econômica, tem camas de albergue por menos de R$ 17 por dia. Beber alguma coisa e se divertir custa R$ 9 aos bolsos de um mochileiro por noite. É a sexta cidade mais barata na Europa.
Custo por dia no índice dos mochileiros: R$ 65,02

Legal demais.

Para ver quais são as outras, clique na figura acima.

Thanks, Rê!

Volto mais tarde | Ao som de Kasabian – U Boat |

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 30 Anos do Tetris

Visto que a imprensa inteira já está falando dos 70 anos do Dia D, optei então por prestar uma singela homenagem aos 30 anos da criação de um dos jogos mais sensacionais de todos os tempos: o Tetris.

TetrisLogo_4cProcess_R

Eu costumo abrir para jogar quando estou realmente sem nada pra fazer, porque ele tem uma capacidade absurda de me tirar horas do meu dia.

Gostei demais da explicação mostrada pelo O Globo, dos motivos do vício no jogo:

“Trata-se de um game puro: não traz nenhum benefício, nada se aprende com ele, e não há qualquer consequência física ou social decorrente do ato de jogá-lo. É quase completamente inútil, mas mesmo assim nos faz voltar a jogar para mais e mais da mesma experiência”, explica.

Stafford designa o Tetris como um “farmatrônico”, ou seja, um conteúdo eletrônico com todas as propriedades de alteração da mente que uma droga possui. Ele equipara o sentimento que temos ao jogar Tetris à mesma sensação que temos ao coçar um prurido, e explica que é justamente isso que mantém até hoje a popularidade do jogo.

Sensacional esse jogo soviético. Sensacional.

Matérias a respeito do aniversário:

Tetris comemora 30 anos

Tetris Still Taunts: The Game’s Legacy 30 Years Later

Tetris at 30: An Interview with the Historic Puzzle Game’s Creator

Muito, muito bom. Parabéns ao Alexey Pajitnov pela criação.

Volto mais tarde | Ao som de Suede – Beautiful Ones |

Séries de TV: 10 Segredos de Friends

O jornal O Globo fez uma matéria legal com 10 segredos de Friends (a segunda melhor série de humor de todos os tempos), revelados pela Marta Kauffman, uma das criadoras.

Um deles é esse aqui:

Fonte: O Globo
Fonte: O Globo

Para ver os outros, clique em Criadora de ‘Friends’ revela 10 segredos sobre a série.

Volto mais tarde.

Ao som de Interpol – Summer Well

Na Minha Estante: Ricardo Lísias, “O Céu Dos Suicidas”

O Ricardo Lísias já foi “alvo” de quatro posts aqui no words of leisure:

Dicas de Leituras: Divórcio (o meu favorito, entre esses)

Dicas de Leitura: A Corrida

Dicas de Leituras: Carta ao Governador

Review – Livros: Granta e “Os Melhores Jovens Escritores Brasileiros”

Foi justamente a leitura de todos esses que me fez, na minha última visita à São Paulo, sair da incrível Livraria Cultura com O Céu dos Suicidas nas mãos. Afinal, já era fã do cara por conta da Revista piauí.

ricardo-lisias

Continue Lendo “Na Minha Estante: Ricardo Lísias, “O Céu Dos Suicidas””

Hoje…Algum Tempo Atrás: O Nascimento de Nina Simone

Há exatos 80 anos nascia uma das divas mais divas de todos os tempos.

ninasimone

Eu me lembro muito bem quando ouvi Nina Simone pela primeira vez.

Aquela música que permanece até hoje como a minha favorita: Feeling Good.

Recordo de ficar totalmente atordoada com aquela voz, com o ritmo, a melodia da música. Absolutamente perfeita.

Desde então, virei muito fã.

Do site do Globo:

“Nina Simone, considerada uma das grandes divas do jazz, completaria 80 anos nesta quinta-feira. Ela nasceu Eunice Kathleen Waymon, no dia 21 de fevereiro de 1933, na pequena cidade de Tryon, no Norte da Califórnia, nos Estados Unidos. Este ano também marca uma década que a cantora e pianista nos deixou. Nina faleceu no dia 21 de abril de 2003, no sul da França. A voz de Nina continua nos corações e mentes de muita gente. E seus vídeos volta e meia pipocam nas redes sociais pela força de sua imagem, em geral ao piano.”

Um mulher impressionante, uma voz sem igual.

Feliz aniversário, Sra. Nina.

Volto mais tarde | Ao som de Nina Simone – Feeling Good |

Tecnologia: O Fênomeno ‘Times New Roman’

O Globo fez uma reportagem muito interessante sobre os 80 anos da fonte Times New Roman.

times new roman

História é tudo de bom, né? Achei interessantíssima.

Para ler, clique: O Fênomeno ‘Times New Roman’

PS: Post dedicado à Eu Três Vezes.

Volto mais tarde.

Ao som de Los Hermanos – Sentimental

Dica de Blog: Mixidão

Está cada vez mais difícil ter desculpas para não saber cozinhar.

Vi pelo O Globo, ontem, o que o blog Mixidão venceu o “Content Talent Show, concurso de talentos da internet que rolou no Festival Youpix Rio de Janeiro”.

A ideia? Colocar as receitas apresentadas em fofíssimos infográficos.

Quem acompanha o words of leisure sabe o quanto eu amo um infográfico.

Ainda mais os fofos.

É pra me matar, né? De cara, entrei no blog e curti muito!

Vejam, por exemplo, a receita de brigadeiro: (ps: isso, eu sei fazer, tá?)

Fonte: mixidao.com.br
Fonte: mixidao.com.br

Gracinha, né?

Para ler a reportagem d’O Globo, clique aqui.

E para entrar no Mixidão, clique aqui.

Volto mais tarde | Ao som de Pink Floyd – Us and Them |

Dica de Leitura: ‘P.S. Eu Te Amo’

‘P.S. Eu te amo’ é o título de uma reportagem publicada no jornal O Globo.

Conta a história de dedicatórias, de histórias encontradas em livros vendidos pelos sebos do Rio de Janeiro.

o globo

“De tudo que vem de você, permanece em mim uma vontade de sorrir”…

“Bruno, eu vi este livro e achei que você ia gostar. É coisa de mãe, fica tentando adivinhar o gosto do filho, eu queria te dar o mundo, mas é melhor você descobrir com a ajuda deste livro o seu mundo inteiro. Estou sempre aqui, filho, conte comigo, sua mãe, beijos, te amo, te amo e te amo, Rio, 15/03/02. Seria só uma mensagem emocionada, não houvesse a segunda, na página seguinte: “Rafael, este livro foi o último presente que eu dei para o Bruno, ele não chegou a ler. Como eu sei que ele te adorava, gostaria de dar a você, leia por ele e por você, com carinho, Clara, 15/03/06.”

No meu caso particular, eu aguardo meu aniversário com ansiedade pelo que minha avó escreverá para mim…

Leia mais em http://oglobo.globo.com/rio/ps-eu-te-amo-6826279#ixzz2Dptx9Wmb

Desnecessário dizer que terminei a reportagem com lágrimas nos olhos, né?

Pois é.

Um belo texto, que vale a leitura.

Volto mais tarde | Ao som de Snow Patrol – Run |

TED Talks: Uma Bola que Gera Energia

Acabo de ler no Globo sobre um invento sensacional que foi apresentado no TEDxRio+20, evento paralelo à Rio+20.

A bola que gera energia foi pensada pelas colegas em Harvard, Jessica Matthews e Julia Silverman.

Essa é a Jessica. Fonte: http://www.tedxrio20.com

“Um mecanismo interno acoplado a uma bola funciona como um motor: conforme ela rola, esse mecanismo também gira e produz e captura a energia cinética gerada.  Meia hora de jogo basta para garantir três horas de funcionamento de uma lâmpada de LED ou carregar a bateria de um celular.”

Aonde estão Penalty, Mikasa, etc, para comprarem essa ideia?

Sensacional!

Fiquei super curiosa para ver logo a palestra delas, que ainda não está disponível.

Mas para ler a reportagem e saber mais um pouco, clique aqui.

Volto mais tarde.

Ao som de Blind Faith – Do What You Like

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 40 Anos de ‘O Poderoso Chefão’

Eu nem acredito que perdi a data exata do lançamento oficial do “O Poderoso Chefão”, no sábado.

Mas dada a grandeza do filme, acho que é melhor o atraso do que passar em branco.

Achei legal demais a lista que o site do “O Globo” fez, com 40 fatos curiosos sobre um dos filmes mais importantes da história, que veio para o mundo no dia 24 de março de 1972.

Entre eles:

Baseado em fatos:

O personagem Johnny Fontane, o cantor e ator apadrinhado por Don Vito Corleone, teria sido livremente inspirado em Frank Sinatra. Reza a lenda que a cena em que a cabeça de um cavalo é colocada na cama do produtor de cinema Jack Woltz, que se negou a dar um papel para Fontane em Hollywood, foi inspirada em um episódio ocorrido com o cantor de “New York, New York”.

Para ler todos, clique aqui.

Ps: Até hoje tenho dificuldades de acreditar que comprei a trilogia por R$20,00. Original.

Volto mais tarde.

Ao som de 10.000 Maniacs – Stockton Gala Days