Música do Dia: No Doubt – New

Pelos 15 anos do Return of Saturn.

No-Doubt-Box

My normal hesitation is gone
And I really gravitate to your will
Are you here to fetch me out?
‘Cause I’ve never had this taste in my mouth

Oh you’re not old
And you’re not familiar
Recently discovered
And I’m learning about you

Volto mais tarde | Ao som de No Doubt – New |

Anúncios

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 15 anos do Return of Saturn, do No Doubt

Ontem, o Return of Saturn do No Doubt completou 15 anos de vida!

return-of-saturn

O primeiro disco da banda como quarteto, após a saída do Eric Stefani.

Mas, mais que isso: o disco que viria como sucessor do perfeito Tragic Kingdom, aquele que deu sucesso mundial à banda.

Demorou mais de dois anos para ficar pronto, graças a brigas entre os membros da banda e da banda com a gravadora.

Gostei do que o Tom Dumont escreveu a respeito, na sua página no Facebook.

tomdumontreturn

Eu me lembro que, na época que ele saiu, achei mais lento que o TK. Não me animei, inicialmente, e demorou um tempo para que eu o escutasse direito.

Que tempo perdido….

Hoje, amo.

Adoro a introspecção que a Gwen Stefani trouxe, debatendo seu desejo de uma vida em casa, que contrastava com a vida de turnê e shows.

Algumas das belezuras do álbum são Magic’s in the MakeupSimple Kind of LifeBathwaterSix Feet Under, Marry Me, New.

Não é pouca coisa não.

 Abaixo, uma das melhores deles, na minha opinião. Bathwater.

Fica a lembrança.

Volto mais tarde | Ao som de No Doubt – Bathwater |

SalvarSalvar

Dica de Leitura: A Dor e a Delícia de Morar Sozinho

Morar sozinha é muito sonho.

xicosa

Curti o texto do Xico Sá para a FSP:

Somos quase 7 milhões de solitários. E como sempre repito aqui mesmo: é o domingo que pega. Dói no osso como uma bala alojada na perna em noites de inverno.

O domingo humilha, mas voltemos à frieza das estatísticas:

O contingente de pessoas morando sozinhas subiu, nos últimos dez anos, 8,6% para 12,1% da população.

Reparo nas estatísticas e me sobe logo ao nariz o cheiro do miojo do desprezo.

Mas isso não significa, amigo(a), obrigatoriamente o que sugerem os números.

Para ler o restante, clique na figura.

Volto mais tarde.

Ao som de No Doubt – New