Esportes: A Incrível Campanha do Ford Fusion

Como a Ford mandou bem ao juntar Nelson Piquet e Nigel Mansell para reviverem a histórica rivalidade que tinham na Fórmula 1, hein?

Eu sinto muito por não ter visto o Nelson competir. Por tudo que já vi, li, tenho certeza que se eu acompanhasse, na época, ele sem dúvidas seria o meu piloto favorito.

Sou muito fã, mas seria mais ainda.

fordfusion

Para quem não viu…

Continuar lendo “Esportes: A Incrível Campanha do Ford Fusion”

Anúncios

Esportes: Felipe Nasr e a GP2

Acabo de ler um post sobre O primeiro treino de Felipe Nasr na GP2, do blog World of Motorsport.

Não sabe quem é Felipe Nasr?

Ele é, nada mais, nada menos, que a única esperança do automobilismo brasileiro no curto e médio prazo.

Afundada em corrupção e má gestão, eu credito na conta da Confederação Brasileira de Automobilismo a falta de pilotos para seguir honrando o nome do Brasil no topo do automobilismo mundial, construído por monstros como Fittipaldi, Piquet, Senna.

E já que o Massa parece que não vai fazer mais nada e ainda não podemos afirmar muito sobre o Senna sobrinho, a perspectiva é absolutamente deprimente, visto não há mais categorias de bases por aqui. Aonde os talentos serão revelados?

O Nasr é bom, muito bom. Mas o problema é sempre o mesmo, que eu cito do blog do Flávio Gomes:

“Nasr mostrou muita competência na F-BMW e na F-3 Inglesa. E passou a ser, agora, a única aposta brasileira para o futuro na F-1.

Esse é o problema.

Quando se fala em aposta ufano-nacionalista, se fala em TV Globo, sempre ela. Todos devem ter notado que o acerto de Nasr com a Dams recebeu destaque incomum no “Jornal Nacional”. Nem é preciso conhecer demais o telejornal global para saber que piloto brasileiro acertando com uma equipe de GP2 não é notícia. Nenhum dos que passaram pela categoria no passado recente teve tal privilégio. O “JN” é apertado de tempo, normalmente só entram coisas muito importantes, ou que seus editores julgam importantes, e GP2 nunca esteve entre elas. Aí aparece o Felipe em horário nobilíssimo para ter o acordo anunciado em primeira mão. Pela Globo, claro.

É evidente que tem algum acordo comercial aí, mas tudo bem. E me parece claro que, de novo, neguinho começa tudo errado. Dá-se exclusividade à Globo em troca de espaço em telejornal e sabe-se lá quanto pelo “merchandising”. Foi assim com Senninha também. A Globo foi informada antes do anúncio da Williams, mas sonegou essa informação de seus telespectadores em troca do direito de fazer as primeiras imagens do piloto na fábrica e tal.

Que Nasr não se deixe seduzir por esse canto desafinado de sereia platinada. Preocupe-se em pilotar e crescer na profissão, não em fazer parte do “casting” da emissora. A Globo agiu assim por anos com Barrichello, doida para criar um ídolo-herói-com-muito-orgulho-com-muito-amor. Deu no que deu.”

Link para o post do Gomes aqui.

Quem viver, verá.

Volto mais tarde | Ao som de Stereophonics – Local Boy in the Photograph |

Hoje…Algum Tempo Atrás: 20 Anos Do Tri do Senna

Três dias atrás eu falei sobre os 30 anos do primeiro título mundial de F1 do Piquet.

Outubro é bem especial para o Brasil hein? Não tinha essa noção! Bacana demais!

8724302.ayrton_senna_no_gp_do_brasil_grande_premio_353_498
Vitória épica. Coisa linda. Fonte: grandepremio.com.br

Continuar lendo “Hoje…Algum Tempo Atrás: 20 Anos Do Tri do Senna”

Hoje…Algum Tempo Atrás: Primeiro Título Mundial do Piquet

Há exatos 30 anos atrás, Nelson Piquet ganhava seu primeiro título mundial de Fórmula 1.

Eu não o vi correr, então o que sei dele será baseado, sempre, em informações de terceiros (vídeos, imagens, reportagens)….

piquetvegas81
Piquet em Las Vegas, 1981. Fonte: grandepremio.com.br

Continuar lendo “Hoje…Algum Tempo Atrás: Primeiro Título Mundial do Piquet”