Música do Dia: Pato Fu – Me Explica

Ai, essa música é muito linda!

patofu-meexplica

E essa banda?

Mal posso imaginar
Que não há mais ninguém
Que vá ficar em seu lugar
Me diz qual a razão
Pra eu não ir também
Me diga já
Onde ele está

Volto mais tarde | Ao som de Pato Fu – Me Explica | 

Anúncios

Na Minha Estante: Muriel Barbery, “A Elegância do Ouriço”

A Elegância do Ouriço chegou a minha casa como um presente dado a minha genitora. Aí, Primogênita também leu e adorou.

Assim, acabou nas minhas mãos.

Sugiro, honestamente, que logo esteja na de vocês.

Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

O livro de Muriel Barbery é de uma delicadeza maravilhosa.

De acordo com a Companhia das Letras:

À primeira vista, não se nota grande movimento no número 7 da Rue de Grenelle: o endereço é chique, e os moradores são gente rica e tradicional. Para ingressar no prédio e poder conhecer seus personagens, com suas manias e segredos, será preciso infiltrar um agente ou uma agente ou – por que não? – duas agentes. É justamente o que faz Muriel Barbery em A elegância do ouriço, seu segundo romance.

Em outro momento:

As vozes da garota e da zeladora, primeiro paralelas, depois entrelaçadas, vão desenhando uma espiral em que se misturam argumentos filosóficos, instantes de revelação estética, birras de classe e maldades adolescentes, poemas orientais e filmes blockbuster. As duas filósofas, Renée e Paloma, estão inteiramente entregues a esse ímpeto satírico e devastador, quando chega de mudança o bem-humorado Kakuro Ozu, senhor japonês com nome de cineasta que, sem alarde, saberá salvá-las tanto da mediocridade geral como dos próprios espinhos.

Um história de amizades improváveis, fala sobre arte, literatura e cinema com uma inteligência adorável e um humor ácido maravilhoso, que super recomendo a todos vocês.

Entrou tranquilamente na minha lista de favoritos!

Ótimo, ótimo, ótimo!

Volto mais tarde | Ao som de Pato Fu – Me Explica |

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 20 Anos de Barcelona

Eu costumo preferir os “Hoje…Algum Tempo Atrás” de antes do meu nascimento, afinal posso pagar de novinha, né?

Pensar que o ouro do vôlei nos Jogos de Barcelona completa hoje 20 anos me faz sentir an oldie.

An oldie but goldie, of course!

Lembro do jogo, da euforia, de ir ver essa geração jogar no Mineirinho, cantando:

“Ai, ai, ai, ai…ai, ai ai ai ai ai ai….em cima, em baixo, puxa e vai”

Legal o gráfico feito pelo Globo Esporte, que mostra o que aconteceu com os atletas e como foi a campanha do título.

Fonte: globoesporte.com

Para ver, clique aqui.

O do iG também ficou legal!

Volto mais tarde.

Ao som de Pato Fu – Me Explica