Imagem do Dia: ‪#‎ThanksStevie‬

Imagem do Dia…de ontem.

Thanks, Gerrard!

11039794_424875020970778_8271699323944151053_n

Volto mais tarde | Ao som de Gerry & The Pacemakers – You’ll Never Walk Alone |

Anúncios

Esportes: Ninguém Caminha Sozinho

Há quem não acredite na capacidade do esporte de mudar qualquer coisa.

Desde ontem, estou encantada com a atitude do Everton, grande rival do Liverpool, de honrar as 96 vítimas da tragédia de Hillsborough.

Ainda mais após ver o vídeo completo.

Concordo com o que tem sido falado por aí: um dos grandes momentos da história da modalidade.

Inclusive, coloco o link para o texto “Ninguém caminha sozinho”, lindamente escrito por Bruno Bonsanti (e de onde eu tirei o título do meu post, como vocês devem ter percebido).

“Nesta segunda-feira, aconteceu a homenagem mais tocante. A rivalidade entre Everton e Liverpool é uma das maiores da Inglaterra, mas isso não impediu o clube azul de mandar seus gandulas utilizarem uma camisa com o número 96 nas costas. Nem de entrar em campo para enfrentar o Newcastle com dois mascotes, um com o uniforme do Liverpool e o número 6, e outro com o do Everton e o número 9. Os nomes de todos os mortos foram passados no telão, ao som da balada “He ain’t heavy, he’s my brother”, antecedendo a mensagem final, Merseyside United. Das cenas mais emocionantes que o futebol pode produzir’. Não gosto de comparar países e culturas diferentes, mas há certos princípios que deveriam ser consenso em qualquer lugar. Um deles é a força da união. Enquanto neste país abençoado por Deus e bonito por natureza misturam rivalidade com inimizade, os clubes ingleses se juntaram para fundar a Premier League, motivados por Hillsborough, e revolucionaram entre outras coisas, os estádios do país. A competição tornou-se a mais lucrativa do mundo. Por aqui, não há união nem para vender direitos autorais a um jogo de video-game.”

Volto mais tarde | Ao som de The National – Lucky You |

Esportes: Quando O Futebol Dá Um Bom Exemplo, Parte 2

Semana passada, eu fiz um post sobre a decisão do Campeonato Alemão de demonstrar repúdio à homofobia.

Também na semana passada, falei sobre a Justiça que começou a ser feita às vítimas de Hillsborough.

Pois bem, olhem a foto abaixo.

Para quem não sabe, a camisa vermelha é a do time do Liverpool, enquanto a azul é do Everton, maior rival do primeiro na cidade de Liverpool.

A homenagem foi feita pelo Everton, dentro do seu próprio estádio, no dia de hoje.

Reproduzo o que escreveu a página “Liverpool Brasil”, no Facebook:

“Eis uma belíssima homenagem do nosso rival Everton Footbal Club aos 96 de Hillsborough, em pleno Goodison Park lotado de torcedores azuis prestando um memorável tributo, antes de sua partida de hoje (17/9) contra o Newcastle. Justamente o nosso rival.

Essa é – ou deveria ser – a verdadeira rivalidade entre clubes: aquela que não cruza a linha do RESPEITO. Se em todo o lugar, a rivalidade e o respeito andassem de mãos dadas, tal qual estas duas adoráveis crianças, o mundo seria um lugar melhor.

Obrigado, Toffes. Hoje vocês nos proporcionaram uma lição de futebol. Ou do que deveria ser o futebol. #YNWA #JFT96″

Belíssima atitude dos Toffes, que deve ser reproduzida.

E não essa babaquice de torcedores/bandidos que partem para a briga, se matam, etc.

Atualizado, 21:00.

A página oficial do Liverpool no Facebook acaba de publicar a foto abaixo, tirada do placar do estádio do Everton.

Com a seguinte frase: “Thank you Everton Football Club. We never walked alone.”

Estou verdadeiramente encantada com a atitude do Everton.

Brilhante.

Volto mais tarde | Ao som de 10.000 Maniacs – More Than This |