Música do Dia: Julieta Venegas – Ilusión

Sexta feira eu verei essa moça ao vivo!

Lá lá lá lá lá

Lá.

Mi corazón desde entonces
La llora diario
No portão
Por ella no supe que hacer
y se me fue
Porque la deje
¿Por que la deje?
No sé
Solo sé que se me fue

Volto mais tarde.

Ao som de Julieta Venegas – Ilusión

Música: Cera nos ouvidos: uma seleção de músicas que quase sempre são cantadas erradas

Muito divertida a reportagem Cera nos ouvidos: uma seleção de músicas que quase sempre são cantadas erradas, da Rolling Stone.

img-1009866-gwen-stefani

Tipo:

“Hollaback Girl”, Gwen Stefani – Veja bem, não é como se o título da música já não esclarecesse o que Gwen está cantando. Ainda assim, muita gente ainda cantava “I ain’t no Harlem black girl” (“eu não sou uma garota negra do Harlem”, o que ela certamente não é). Para esclarecer, “Hollaback girl” é tipo uma garota “capachinho”, sem espírito de liderança. Diz a lenda que Gwen fez a música depois que Courtney Love a chamou de cheerleader.

O tanto de música que eu já cantei (e ainda canto) errado, que a carapuça serviu total.

Para ver as outras é só clicar no título do texto, lá em cima.

Volto mais tarde.

Ao som de Julieta Venegas – Ilusión

Dica de Leitura: Vanessa Barbara, “O Louco de Palestra”

Ontem, fui a uma palestra muito boa. Mas não tem como: odas as vezes que chega o momento do debate, eu me lembro do “O louco de palestra”.

Fonte: Revista piauí

O Louco de Palestra é, simplesmente, um dos melhores textos ever!

Exageros à parte, o que a Vanessa Barbara escreveu é sensacional! Não é novo, muitos já devem ter visto, mas para os que não leram, por favor, o façam logo!

Cito:

O louco de palestra é o sujeito que, durante uma conferência, levanta a mão para perguntar algo absolutamente aleatório. Ou para fazer uma observação longa e sem sentido sobre qualquer coisa que lhe venha à mente. É a alegria dos assistentes enfastiados e o pesadelo dos oradores, que passam o evento inteiro aguardando sua inevitável manifestação, como se dispostos a enfrentar a própria Morte.

Para ler o texto completo, clique na figura acima.

Volto mais tarde | Ao som de Julieta Venegas – Ilusión |