No Meu iPod: As “Músicas do Dia” Mais Acessadas No Blog

Ontem, estava olhando as estatísticas do blog e, de repente, me bateu a curiosidade sobre uma das categorias de post que eu mais tenho retorno por aqui: Música do Dia.

Quais seriam os posts mais acessados na história do blog?

Sério, nunca tinha parado para olhar.

Juro, me surpreendi muito.

7: Interpol – Evil

7Musica do Dia Interpol – Evil

Continuar lendo “No Meu iPod: As “Músicas do Dia” Mais Acessadas No Blog”

Anúncios

Música do Dia: Dido – Keep Your Faith In Me

A outra vez que eu coloquei música da Dido aqui, disse respeito ao mesmo álbum não lançado pela cantora.

Continuar lendo “Música do Dia: Dido – Keep Your Faith In Me”

Retrospectiva TED Talks: “16” Deb Roy, “O Nascimento De Uma Palavra”

Não, não estranhem o fato de eu ter pulado um vídeo na retrospetiva feita pelo Huffington Post, sobre os melhores TED Talks do ano.

É que o que ficou em 17º eu já postei aqui. Foi o maravilhoso “Kathryn Schulz: Não se arrependa do arrependimento”

Então, vamos para o 16º!
Deb Roy: O nascimento de uma palavra

Uma das coisas que mais me impressionam no TED é ver o que as pessoas se dispõem a estudar.

Essa palestra é realmente absurda. Ele mereceu ser aplaudido de pé, como foi ao final.

Qual a ideia?

“O pesquisador do MIT Deb Roy queria entender como seu filho pequeno aprendia linguagem – então, ele espalhou câmeras pela casa para gravar todos os momentos (com exceções) da vida do seu filho e analisou 90.000 horas de vídeo para ver um “gaaaa” lentamente transformar-se em “água”. Uma pesquisa fascinante e riquíssima em dados, com profundas implicações sobre a maneira como aprendemos.”

Brilhante!

Vejam!

Volto mais tarde | Ao som de Dido – Give Me Strength |

Música do Dia: Dido – Give Me Strength

Muitas pessoas conhecem a Dido por causa de “Thank You”, principalmente. Ou por “My lover’s gone”, que foi trilha sonora de novela da Globo. Essas duas músicas fazem parte do primeiro álbum dela, o excelente “No Angel”, de 1999.

Capa do Odds & Ends

O primeiro oficial. Isso porque, em 1995, ela gravou um disco chamado “Odds & Ends”, que nunca foi lançado. Algumas músicas dele acabaram entrando no “No Angel” como “Take my Hand” e “Sweet Eyed Baby” (esta, no oficial, passou a se chamar “Don’t think of me”).

O que me impressiona é que o “Odds & Ends” têm músicas excelentes e não consigo entender como “Give me strength” não foi lançada, depois. Acho que é uma das melhores músicas que a Dido fez na vida (o mesmo serve para outra chamada “Keep your faith in me”).

Por isso, a coloco como música do dia de hoje. Só que, pelo fato dela não ser oficial, não há um vídeo feito pela artista. O que eu coloco é uma montagem, feita por um fã.

Looking at a place that’s gone
Boarded up my memories
But something’s drawn me here again and I
I cannot leave the past alone
Hoped that I would never find
All the shit I left behind
Now I find the child in me is going to remind me that I
I can’t forget my past for long/so take a look outside yourself
And tell me what you see
I can’t believe

Volto mais tarde | Ao som de Dido – Give Me Strength |