Tecnologia: Empresa cria óculos que faz daltônicos enxergarem todas as cores pela primeira vez

Ah, o socialismo e todos os avanços tecnológicos que melhoram a vida das pessoas….

#sqn

Valspar-Paint

A Valspar é uma grande empresa americana do setor de tintas. Ela se juntou à EnChroma para produzir um óculos que consegue sobrepor o problema entre o verde e o vermelho, as cores que são percebidas da mesma forma por quem tem o daltonismo. Toda a explicação (muito melhor que a minha, óbvio) pode ser vista aqui.

Pois bem, um mini documentário foi elaborado com pessoas que relatam o daltonismo e mostra suas reações ao enxergar as cores pela primeira vez.

Emocionante.

Não achei com legenda mas, pelas reações, acho que quem não entende em inglês também deve ver. Muito bom.

PS: Ao acabar de assistir, só conseguia pensar: “ok, a empresa deu esses óculos para essas pessoas, né? Senão, é sacanagem!”

Ver pesquisas desse tipo é uma das minhas paixões na vida. Resta deixar os meus parabéns aos envolvidos.

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – Shadowboxer |

Anúncios

Imagem do Dia: Garota de 4 anos, na Síria

Quando vi ontem essa imagem, da garotinha de apenas 4 anos na Síria que, ao ver a máquina do fotojornalista, se rende, achando que é uma arma, chorei.

siriacriancatwitter

Mundo imbecil esse que a gente vive.

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – On The Bound |

Tecnologia: Os Significados das Mensagens no WhatsApp….parte 2

Coincidência ou não, há exatos dois anos atrás eu escrevi o post abaixo, Ele é, hoje, o segundo mais acessado em toda a breve história do words of leisure.

Clique na figura para acessar.
Clique na figura para acessar.

Pois bem, como todos já devem saber a essa altura do campeonato, tudo mudou.

Como explicou o TecTudo:

Com a atualização, as mensagens ficam com os dois tracinhos azuis, sinalizando a leitura pelo contato. É sempre bom lembrar que um tracinho significa que a mensagem foi enviada e dois que chegou ao destinatário. Porém, isso não era um indicativo de que o usuário havia lido o conteúdo da conversa.

A atualização também está valendo para mensagens de grupos. Os participantes passam a visualizar dois tracinhos quando a mensagem é entregue e quando todos abrem a conversa as setinhas ficam azuis. O funcionamento é igual ao das conversas individuais.

Sim, estou na lista dos que não curtiram a atualização. Mas como não há muito o que fazer a respeito….. Continuarei a responder mensagens quando quiser. Pode ser imediatamente, uma semana depois…..

E é claro que, como sempre, o melhor de tudo foi ver os memes na internet.

B1wZdDYIIAA8Geu

10350539_10152349107296146_5253634226145382755_n

O meu favorito, até agora:

B1wdvVrIUAACDZU

hahahaha. Muito bom.

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – Criminal |

Café & TV: Filme, “Amante a Domicílio”

Em um daqueles raros momentos da minha vida, fui ao cinema com a Primogênita para assistir Amante a Domicílio (Fading Gigolo) .

AmanteDomicilio

Filme escrito e dirigido pelo John Turturro, que conseguiu a proeza de ter Woody Allen como ator em um filme que não é seu, passado na mais que amada Nova Iorque.

Conta a história de Fioravante (o próprio Turturro), homem comum, florista, que é convencido pelo amigo Murray (Allen) a fazer um programa com sua dermatologista. Nada menos que Sharon Stone, que está linda, óbvio!

De um caso para profissão, a história é engraçada e sensível ao mesmo tempo, principalmente no que toca o papel da Vanessa Paradis, como viúva de um rabino, judeu ortodoxo.

Ela é linda, né? Sim, tenho vontade de colocar um aparelho nos dentes dela, mas como ela não quer….Fazer o quê? Que fique assim. Para completar o rol de mulheres que acabam com a autoestima, tem a Sofía Vergara também, tá?

Filme muito divertido, que lembra em alguns momentos os próprios filmes do Woody Allen, mas sem ser cópia. As piadas que lidam com o estereótipos da prostituição, negros e judeus, são ótimas.

Assim como a trilha sonora.

E tem NYC, né? Coração aperta de saudade…

Vale a pena. Gostei bem.

Abaixo, o trailler.

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – Criminal |

Séries de TV: Ainda Sobre Os 10 Anos Do Final De FRIENDS

Seguindo no tema do post de ontem, sobre os 10 anos do final de FRIENDS, vários sites fizeram homenagens para essa que é, sem dúvidas, a mais bem sucedida de todas as sitcoms.

Eu achei uma delícia passar pelas reportagens e lembrar alguns episódios, além de conseguir alocar alguns episódios nas suas respectivas temporadas.

Por exemplo, a Parade listou quais foram os melhores por temporada. Acho que não discordei de nenhum. E concordei HORRORES com o escolhido da temporada 5. Esse foi sensacional, no Top5 de todos feitos nos 10 anos!

season5-parade

Outro post legal foi publicado pelo BuzzFeed: Por que o episódio final ainda nos faz chorar. A série acabou em altíssimo nível e eu também ainda choro quando assisto o derradeira.

O BuzzFeed ainda mandou bem na sua seleção de 27 momentos inesquecíveis do programa. Excelentes escolhas!

thisisbrandnewinfo

O Mashable foi além e listou seus 55 momentos favoritos!

Esse foi muito bom:

monica camera

Oh saudade!

Bom, é só sair clicando nas fotos e nas palavras em negrito para acessar os links externos, ok?

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – The Child Is Gone |

Dica de App: Runtastic Six Pack

Nunca escondi o tanto que eu gosto dos aplicativos feitos pela Runtastic. Já são vários os posts sobre eles, aqui no words of leisure.

runtasticsixpack

Há mais ou menos um mês, a empresa lançou mais um: o Runtastic Six Pack. Demorei para escrever a respeito justamente porque queria testa-lo antes, né?

Com o objetivo de deixar o usuário com a barriga do tipo tanquinho, ele propõe abdominais de forma diferente que seu “primo”, o Runtastic SitUps.

runtastic-SitUps-PRo

Enquanto neste, a ideia é fazer séries cada vez maiores e mais difíceis, mas com abdominais simples e com a contagem feita com o telefone junto ao corpo, o Six Pack funciona mais ou menos assim:

Você escolhe o treinador (óbvio que o Daniel virou o meu) e faz as séries que exploram e trabalham a barriga de forma diferente, de forma mais global. É um aplicativo bem mais completo, inclusive com listas de músicas a serem tocadas durante a execução.

Assim como em outros aplicativos que incentivam a prática de exercícios físicos, não sei dizer quão bom é quando uma pessoa que não os faz começa a praticar, porque não é o meu caso. Tem que tomar cuidado com postura, para não exagerar, etc. Ter conselho de um profissional nunca é demais.

Tendo a noção de como executar, vale a pena demais! Tem versão gratuita e paga.

Como esperado, Runtastic mandou bem de novo!

Para ver mais sobre o aplicativo, clique aqui.

Para baixa-lo, clique aqui.

ATUALIZADO, 09.FEVEREIRO.2014

Após alguns meses de uso do Runtastic Six Pack, sinto-me ainda mais confiante para recomendá-lo.

Já foram alguns níveis avançados, com o grau de dificuldade sempre aumentando, claro.

A ideia de ter quase que um personal para te ajudar com os exercícios é ótima.

A variedade de atividades é bem grande e, além de seguir as que já são estipuladas pelo aplicativo, também é possível montar a própria sequência, o que é bem divertido.

Excelente aplicativo, excelente!

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – Get Gone  |

R.I.: O Meu Mundo em 2015

A ONU tem feito uma pesquisa global chamada O Meu Mundo em 2015.

pesquisa global onu 2015

Nela você pode votar em quais são as suas seis prioridades, para um mundo melhor.

As minhas?

myworld2005Já que não tinha “liberdades civis” optei por “liberdades políticas”, mesmo acreditando ser a primeira de maior importância.

Governo honesto e que responde às demandas da população deveria ser o básico, mas passa longe disso.

Do mais, votei naquelas que eu acho que são as competências de um Estado:

  • Segurança (como competência exclusiva);
  • Educação;
  • Saúde;
  • Infra estrutura (longe de ser exclusiva), principalmente o foco em saneamento básico.

Quais são as suas prioridades?

Não que votar lá vá mudar algum coisa (não vai), mas é interessante ver os resultados, como as pessoas no mundo colocam as suas demandas.

Para acessar, clique em My World 2015.

Volto mais tarde.

Ao som de Fiona Apple – Pale September.

Música do Dia: Fiona Apple – Sleep To Dream

Menina brilhante.

FionaApple - SleepToDream

I tell you how I feel, but you don’t care

I say: “Tell me the truth.”, but you don’t dare

You say love is a hell you cannot bear

And I say: “Give me mine back and then go there, for all I care.”

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – Sleep To Dream |

Dicas de BH: Feira de Flores e Plantas Naturais

Já devia ter uns três anos que eu não conseguia ir à Feira de Flores.

Ocasiões da vida me permitiram visita-la ontem, para me dar a certeza que ali se tem uma das coisas mais legais de toda a cidade de Belo Horizonte.

IMG_2539
Acervo Pessoal

Continuar lendo “Dicas de BH: Feira de Flores e Plantas Naturais”

Música: As 12 Melhores Músicas da Fiona Apple

Fiona Apple vinha ao Brasil.

Mas a moça que já foi tema de alguns posts aqui no blog desmarcou seus show por conta de sua cadelinha que está doente.

Para sanar alguns milhares de corações partidos, o Na Mira do Groove fez uma lista, com as 12 melhores músicas dela.

Fiona Apple

Continuar lendo “Música: As 12 Melhores Músicas da Fiona Apple”

Dica de App: IncrediBooth

São muitos, muitos, os aplicativos de fotografia para smartphones por aí.

A Chata de Galocha, inclusive, fez um post com os favoritos dela, já que tem 24 no seu telefone. A única lástima foi a não inserção do Hipstamatic, que é o meu favorito, com direito a alguns posts aqui no blog.

Bom, essa introdução foi apenas uma deixa para dar um toque que o aplicativo gratuito dessa semana, na loja da Apple, é o IncrediBooth, feito pelo pessoal da Hipstamatic.

Fonte: Blog do iPhone

De acordo com o Blog do iPhone:

“O aplicativo faz a função de um photo booth, que são aquelas cabines de fotos que fazem tiras de 4 fotos em sequência, para diversão com os amigos.”

Mais um!

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – Left Alone |

Esportes: Brasil Tem Que Ser Realista, Mas Também Ambicioso

5 dias para os Jogos!

Alguns dias atrás, li uma entrevista em que o superintendente de esportes do COB, Marcus Vinicius Freire, falava que a expectativa para Londres 2012 é ter o mesmo número de medalhas que em Pequim 2008: 15.

Infelizmente, não vai rolar de lutar pelo ouro, né Fabiana? Situação compreensível.

Não gostei nem um pouco. É óbvio que ser realista é fundamental, mas o mesmo número? Sério?

O toque de realismo é necessário, por exemplo, no caso da Fabiana Beltrame que, mesmo campeã mundial, espera estar entre o sétimo e décimo-segundo lugar. E por que isso? Porque ela não competirá na classe que a levou ao título inédito para o Brasil, já que essa não é uma categoria olímpica. Então, é bem simples entender que ela não lutará pelo ouro, como gostaríamos, e consequentemente, não cobrar dela resultados impossíveis.

Mas um pouco de ambição não mata, muito pelo contrário. Só que com os investimentos feitos, fica difícil mesmo.

Meu colega de escola, Daniel Ottoni, escreveu a respeito disso no blog dele:

Presente, mas com as aspirações estagnadas

“Apoiar a trajetória e as dificuldades de um ciclo olímpico nem passam pela mente e vontade de muitos empresários e governantes, que mostram algum reconhecimento em períodos que vão de acordo com seus interesses pessoais.

Desta forma, dificilmente seremos uma potência olímpica. O governo também insiste em não dar ao esporte a valorização para produzir cidadãos e atletas de destaque e respeito. Se a base não funciona, o esporte nunca terá a função que lhe cabe. Estamos desperdiçados, em talentos humanos, assim como acontece com nossos recursos naturais, amplos e ao mesmo tempo escassos em sua produtividade e potencial.

A expectativa do COB é ter resultados de investimentos feitos no Rio 2016, como o dobro de medalhas além de estar entre os 10 primeiros no quadro de medalhas.

Veremos.

Volto mais tarde.

Ao som de Fiona Apple – Werewolf

TED Talks: Alanna Shaikh, “Como Eu Estou Me Preparando Para Ter Alzheimer”

Ninguém quer pensar na possibilidade de ter Alzheimer, né?

Alanna Shaikh, ao ver seu pai se definhar com a doença, passou a se preparar para  quando ela vier.

Tocante! E surpreendentemente positivo.

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – A Mistake |

Música do Dia: Fiona Apple – Every Single Night

Clipe esquisito de uma música bizarra!

Adorei! Ambos!

Fiona Apple - Every Single Night

My heart’s made of parts of all that surround me
And that’s why the devil just can’t get around me
Every single night’s alright, every single night’s a fight
And every single fight’s alright with my brain

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – Every Single Night |

No Meu iPod: Álbuns – Fiona Apple, “The Idler Wheel Is Wiser than the Driver of the Screw and Whipping Cords Will Serve You More than Ropes Will Ever Do”

O novo disco da Fiona Apple é tão bom quão grande é o seu nome:

The Idler Wheel Is Wiser than the Driver of the Screw and Whipping Cords Will Serve You More than Ropes Will Ever Do

Continuar lendo “No Meu iPod: Álbuns – Fiona Apple, “The Idler Wheel Is Wiser than the Driver of the Screw and Whipping Cords Will Serve You More than Ropes Will Ever Do””

Na Minha Estante: J.P.Cuenca, “A Última Madrugada”

Neste final de semana, eu acabei de ler “A Última Madrugada”, do João Paulo Cuenca.

Não é a primeira vez que falo do Cuenca aqui no words of leisure. Mas ao contrário do estranho e ótimo O único final feliz para uma história de amor é um acidente, A Última Madrugada é um livro de crônicas, de belas crônicas. E eu amo esse gênero narrativo.

Publicadas entre 2003 e 2010 na Tribuna da Imprensa, Jornal do Brasil e O Globo, elas foram editadas e devo dizer:

O Cuenca entra para a minha lista de autores que tem uma bela forma de “vender” o Rio de Janeiro para quem o lê. E Paris. Sensação que dá é aquela de querer ir para o Leblon e ir aos bares, ruas, boates mencionadas.

Acho que é necessário ter cabeça para aceitar novos autores da literatura brasileira. Não, esse não é um post que pede a todos a largarem Machado, Clarice, Graciliano. Mas, aceitar o que vem de novo, faz parte da vida. Ou deveria fazer.   

Algumas crônicas eu, simplesmente, gostei.

Outras, adorei.

E outras, mexeram muito comigo, principalmente a que dá nome ao livro. Belíssima.

“É que a única medida do tempo só poderia ser esta: não um segundo, mas o instante que demoramos para esquecer um sonho.” (Trecho de A Medida do Tempo)

A espera mais solitária é aquela que não tem nenhuma reciprocidade.” (Trecho de A Espera)

São crônicas curtas e fáceis de ler. Um livro delicioso.

De um interessantíssimo autor.

Foto que tirei do belo Cuenca aqui em Belo Horizonte, no dia 08/05, graças ao Sempre um Papo.

Recomendo bem.

Volto mais tarde | Ao som de Fiona Apple – Every Single Night |

Hoje…Algum Tempo Atrás: Maria Esther Bueno e Wimbledon

Quando alguém me fala que o Guga (que eu adoro) é o melhor tenista brasileiro da história, eu retruco:

Da era profissional, pode ser. Da história desse esporte? No way!

Esse título é dessa moça abaixo!

Fonte: Jornal do Brasil

Continuar lendo “Hoje…Algum Tempo Atrás: Maria Esther Bueno e Wimbledon”