Frase do Dia: Brecht e a omissão política

IMG_4461

As pessoas podiam tanto ter isso em mente, em especial daqui algumas semanas…

Volto mais tarde | Ao som de Dido – Don’t Leave Home |

Música do Dia: Dido – Don’t Leave Home

Minha música favorita, do álbum aniversariante do dia.

Música forte, sobre vício.

Dido - Don't Leave Home

Como um fantasma não precisa de uma chave
Sua melhor amiga eu vim a ser
Por favor não pense em se levantar para mim
Você não precisa nem mesmo falar
ou
Eu cheguei quando você estava fraco
Eu te farei mais fraco, como uma criança
Agora todo seu amor você dá para mim
Quando seu coração é tudo que preciso
E se você estiver com frio, eu vou te manter quente
E se você estiver para baixo, apenas aguente
Pois eu serei sua segurança
Mas que tem gente que vê o título (Não deixe o lar), acha bonito e usa em casamento.
#burricedosinfernos
Volto mais tarde | Ao som de Dido – Don’t Leave Home |

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 10 Anos do “Life for Rent”, da Dido

A Dido já foi Música do Dia algumas vezes aqui no words of leisure.

Sendo que nas poucas vezes em 2013 que eu escrevi Resenha de Álbuns, uma foi sobre o Girl Who Got Away.

Em um mundo em que várias pessoas deixaram de ouvir a moça, eu continuo firme e forte. Não somente por gostar da voz dela e suas músicas, mas por tudo o que os seus primeiros álbuns foram.

O segundo, Life for Rent, completa 10 anos hoje.

Dido - 2003 - Life For Rent - Frontal

O primeirão, No Angel, estorou no mundo inteiro com músicas como Thank You, Hunter e Here With Me.

Continuar lendo “Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 10 Anos do “Life for Rent”, da Dido”

Música do Dia: Dido – Don’t Leave Home

É sempre comum ver aqueles rockeiros loucos escrevendo músicas sobre drogas, né?

Mas cantoras bonitinhas, loirinhas, costumam surpreender.

É o caso da Dido, com Don’t Leave Home.

Gosto muito, linda música.

Dido - Don't Leave Home

Like a ghost don’t need a key.

Your best friend I’ve come to be.

Please don’t think of getting up for me.

You don’t even need to speak.

Volto mais tarde | Ao som de Dido – Don’t Leave Home |