Dicas de NYC: Ir à Exposição Unfinished, no Met Breuer

Eu já tinha visto uma chamada ou outra dessa exposição, mas foi uma mensagem da Primogênita, em que ela me pedia pra ir por ela, que me fez tomar a decisão.

Acervo Pessoal
Acervo Pessoal

Ainda bem, porque vi uma das exposições mais legais da minha vida.

Continuar lendo “Dicas de NYC: Ir à Exposição Unfinished, no Met Breuer”

Anúncios

Sobre wol: Mais um agradecimento

Atualmente, 500.000 questões têm dificultado a atualização do words of leisure do jeito que eu gostaria.

Nunca que a intenção foi colocar Frase do DiaImagem do Dia, Tirinha do Dia, ou mesmo o Música do Dia, como únicos posts em um dia.

Mas, várias vezes, é o que tem sido possível.

Só que, mesmo nesse cenário, Maio se apresentou como o mês de maior audiência e melhor média de audiência da história do blog!

Aí, não tem como, né?

Só me resta agradecer! Muito!

peanuts-thanks

À Primogênita e sua Coluna e Prato do Dia, que ajudam muito a atingir esses números.

Mas, principalmente, eu gostaria de agradecer demais à todas as pessoas que compartilham os post do blog! Seja por e-mail, Facebook, twitter, Pinterest, LinkedIn ou outras formas quaisquer.

Tem gente que, por exemplo, entra aqui, gosta de uma imagem, a salva e compartilha sem dar um único crédito ao blog.

Por isso mesmo, sou muito grata às pessoas que clicam nessas figuras, pois são elas que levam o wol à pessoas que eu, sozinha, não consigo alcançar.

gostou-compartilhe

Claro, também, a quem visita, quem comenta.

Ficam os agradecimentos. Valeu demais, gente!

Volto mais tarde | Ao som de Dido – Never Want To Say It’s Love |

Música do Dia: Dido – Here With Me

Resgatando…

Muito bom.

here_with_me_uk_01

 

I don’t want to call my friends
They might wake me from this dream
And I can’t leave this bed
Risk forgetting all that’s been

Oh I am what I am
I’ll do what I want
But I can’t hide

And I won’t go
I won’t sleep
I can’t breathe
Until you’re resting here with me

Volto mais tarde | Ao som de Dido – Here With Me  |

No Meu iPod: As “Músicas do Dia” Mais Acessadas No Blog

Ontem, estava olhando as estatísticas do blog e, de repente, me bateu a curiosidade sobre uma das categorias de post que eu mais tenho retorno por aqui: Música do Dia.

Quais seriam os posts mais acessados na história do blog?

Sério, nunca tinha parado para olhar.

Juro, me surpreendi muito.

7: Interpol – Evil

7Musica do Dia Interpol – Evil

Continuar lendo “No Meu iPod: As “Músicas do Dia” Mais Acessadas No Blog”

TED Talks: Tony Robbins: Por Que Fazemos O Que Fazemos

Cheguei a esse TED ao ver uma lista de um post sobre TED inspiradores que todo empreendedor deveria assistir, que segue a ideia daquele que escrevi antes de ontem Dica de Leitura: 10 livros que todo empreendedor deve ler em 2014.

A pergunta que fundamenta a palestra do Tony Robbins é “o que faz as pessoas saírem da cama?”.

Anthony Robbins_1

Acho que é uma ótima pergunta e as respostas dada por ele são bem interessantes.

Por isso, recomendo ver.

Apenas dou um lembrete que a palestra é de 2006.

Vocês entenderão o motivo deste ao assistir.

Volto mais tarde | Ao som de Dido – Burnin Love|

Dica de Leitura: Fernanda Torres, “Álvaro”

Gosto demais dos textos de ficção que são publicados na Revista piauí.

Demais, mesmo.

alvaropiaui

O da última edição foi escrito pela Fernanda Torres e é o capítulo de abertura do seu livro.

Fiquei instigada para ler o resto.

Cito um trecho:

Morte lenta ao luso infame que inventou a calçada portuguesa. Maldito dom Manuel i e sua corja de tenentes Eusébios. Quadrados de pedregulho irregular socados à mão. À mão! É claro que ia soltar, ninguém reparou que ia soltar? Branco, preto, branco, preto, as ondas do mar de Copacabana. De que me servem as ondas do mar de Copacabana? Me deem chão liso, sem protuberâncias calcárias. Mosaico estúpido. Mania de mosaico. Joga concreto em cima e aplaina. Buraco, cratera, pedra solta, bueiro-bomba. Depois dos 70, a vida se transforma numa interminável corrida de obstáculos.

A queda é a maior ameaça para o idoso. “Idoso”, palavra odienta. Pior, só “terceira idade”. A queda separa a velhice da senilidade extrema. O tombo destrói a cadeia que liga a cabeça aos pés. Adeus, corpo. Em casa, vou de corrimão em corrimão, tateio móveis e paredes, e tomo banho sentado. Da poltrona para a janela, da janela para a cama, da cama para a poltrona, da poltrona para a janela.

Olha aí, outra vez, a pedrinha traiçoeira atrás de me pegar. Um dia eu caio, hoje não.

Para ler o restante, basta clicar na figura acima.

Volto mais tarde | Ao som de Dido – Isobel |

 

No Meu iPod: Coletâneas do Keane, The Killers e Dido

Três bandas/artistas que eu gosto muito lançaram coletâneas nesse final de ano.

Dido – Greatest Hits

Dido-Greatest-Hits-2013-1500x1500

Em 2013, a Dido lançou não somente o Greatest Hits, mas também o Girl Who Got Away, que foi comentado aqui no words of leisure.

Não tem como discordar com as músicas selecionadas, porque são elas as mais famosas mesmo. Mas como conheço a carreira dela toda, não tenho como não pensar nas que não entraram, como Isobel.

Continuar lendo “No Meu iPod: Coletâneas do Keane, The Killers e Dido”

Imagem do Dia: Dia Mundial de Combate a AIDS

Esquisito…Alguns anos atrás, o 1/dezembro era muito mais falado que hoje em dia. Eu me lembro, por exemplo, como a MTV Brasil mobilizava sua programação inteira para falar sobre o assunto.

Hoje, não tenho visto quase nada na internet.

campanha_aids

Sou leiga no assunto, mas não consigo não associar esse descaso nos meios de comunicação às estatísticas que têm saído recentemente, de que as pessoas em geral estão ficando mais relapsas, com preservativo, principalmente. Muito por conta de que, hoje, as pessoas não morrem mais de forma tão sofrida que era como vimos com Cazuza, Freddie Mercury, etc., devido aos avanços dos coquetéis anti-HIV.

Graças aos investimentos pesados na Medicina, na Ciência, avanços absurdamente significativos têm ocorrido e isso é esplendoroso.

Mas o cuidado tem que permanecer. Então:

GUGDesign-DiaMundial-de-Combate-a-AIDS

Volto mais tarde | Ao som de Dido – NYC |