Dica de Netflix: FRIENDS no Feriado

Já foi muito anunciado por aí, mas não poderia deixar passar.

A Netflix agora tem todas as 10 temporadas de FRIENDS disponíveis.

friends

No meu caso, seria a possibilidade de ter todas as falas, de todos os episódios, de todas as temporadas, decoradas.

Estou quase lá.

Boa dica para o feriado.

Inclusive, bom feriado a todos que por aqui passam.

Volto mais tarde | Ao som de Julieta Venegas – De Mis Pasos |

Anúncios

Café & TV: Séries de TV, “Orange Is The New Black”

Quando escrevi sobre Veep aqui no words of leisure, falei sobre um comentário geral que tem sido feito nos últimos tempos, sobre como estamos vivendo uma era de ouro na televisão mundial.

A quantidade de séries de extrema qualidade que estão sendo feitas é, verdadeirmente, de impressionar.

Por exemplo, a própria VeepHouse of Cards, Mad Men, Game of Thrones, The Americans, The Good Wife, True Detective, a já encerrada Breaking Bad, entre outras.

Também está nessa lista: Orange Is The New Black (OITNB, para facilitar a vida)

Indubitavelmente, uma das séries mais corajosas que já se foi feita por aí!

Orange-Is-The-New-Black-Poster-Wallpaper  Continuar lendo “Café & TV: Séries de TV, “Orange Is The New Black””

Prato do Dia: Rosbife Crunch com Purê de Brócolis e Gorgonzola, by Carolina Ferraz

O Rosbife Crunch foi uma das primeiras receitas mostradas no Receitas da Carolina – programa do canal GNT – e foi a primeira dela que nós testamos.
1

Continuar lendo “Prato do Dia: Rosbife Crunch com Purê de Brócolis e Gorgonzola, by Carolina Ferraz”

Café & TV: O começo do fim de Mad Men, última parte

Então, hoje teremos o início do fim de Mad Men.

mad-men

Para finalizar a semana de homenagens a essa série espetacular, a sua abertura.

Lindíssima.

Uma das melhores de todos os tempos.

Simbora aproveitar o que nos resta…

Volto mais tarde | Ao som de Mad Men Opening Credits |

Café & TV: Lições de emprego, por Peggy Olson

Amanhã irá ao ar o primeiro episódio, da última temporada de Mad Men.

Na minha opinião, não há dúvidas que uma das personagens mais interessantes nessa jornada toda é a Peggy Olson, muito bem interpretada pela Elisabeth Moss.

Pensar em como a personagem começou, insegura e querendo agradar a todos, até ser bem sucedida como é “hoje”, é bem legal.

O LA.Times fez uma lista, como 11 lições de trabalho a serem aprendidas com ela.

Entre elas.

pegguolson-worktips

E essa!

peggyolson-worktips2

A-DO-RO.

Para ver as outras, basta clicar nas figuras acima. Qualquer uma delas.

Volto mais tarde | Ao som de Os Mutantes – Panis et Circenses |

Café & TV: O nosso board de Mad Men, no Pinterest!

Inspirado no post de ontem, Os 35 Melhores Looks de Mad Men, surgiu este aqui. Após ver as fotos daquelas mulheres lindas, com roupas incríveis, fomos correndo à melhor fonte de inspiração dos tempos atuais: o Pinterest!

São tantas imagens lindas e produções incríveis, que não aguentamos: criamos um board exclusivamente para série!

Entre elas…

bb10bca51591f0dbbf5417f3212fe0e7

85909dce62195e74c8134fc76428c35d

2c391b48986dd74d9701a0ad541f3252

roger sterling

Para acompanhar o Pinterest do blog, para ver essas e outras lindas imagens, basta clicar em quaisquer das figuras acima.

Volto mais tarde | Ao som de No Doubt – Easy |

Café & TV: Os 35 melhores looks de Mad Men

No terceiro post da semana, em homenagem ao começo do fim de Mad Men, vem um tema que aparece como “quase” unanimidade quando se trata da série: as roupas, maquiagem…a composição visual dos personagens.

Na minha opinião, nisso ela é irretocável.

A sensação que dá é que se Mad Men fosse o mundo, não existiria gente feia por aqui. Porque até os que não são bonitos, ficam tão bem vestidos*…

A InStyle fez uma lista com os 35 melhores looks que apareceram nesses anos.

Eu acho uma lista difícil demais de fazer, porque acho que só em um episódio já aparecem 35 composições impressionantes.

 Entre elas, está essa aqui:

040914-mad-men-best-looks-6-567_0
AMC

 

Sem contar que a lista figura apenas as moças da série. Apesar de serem os delas os mais impressionantes, os homens também aparecem com cada roupa…

Acho que vale a pena dar uma conferida.

Nem que seja para lamentar não ter nascido naquela época…. Ou não ser rica…

Para tanto, basta clicar na figura acima.

*: claro que estou exagerando, né?

Volto mais tarde | Ao som de R.E.M. – Pop Song 89 |

 

Café & TV: O início do fim de Mad Men (p. 02)

Continuando a semana de homenagens ao início do fim de Mad Men, fica o link para as 23 coisas que você provalmente não sabe sobre a série, de acordo com o elenco e o criador.

Feita pelo BuzzFeed.

23things-madmen
Fonte: BuzzFeed

Particularmente, gostei da explicação para o famoso caminhar da Joan

2. And Joan’s signature walk originated because of Hendricks’ struggle to move in her constricting dress.

anigif_enhanced-22881-1427010365-2
AMC/BuzzFeed

“It was that dress that sort of created the Joan walk, because it was literally just me trying to get from one side of the room to the other,” she said with a laugh.

Para ver as outras, basta clicar em qualquer uma das figuras acima.

Volto mais tarde | Ao som de The Beatles – Tomorrow Never Knows |

Café & TV: O início do fim de Mad Men (p. 01)

A partir de hoje, o words of leisure prestará homenagens ao começo do fim de uma das melhores séries da história, Mad Men (que já foi temas de post, como você poderá ver aqui). No próximo domingo, começará a segunda parte da sua última temporada.

Então, ao longo da semana eu espero conseguir fazer posts referentes à ela.

Abaixo, um guia de como fazer uma festa para assistir a série.

Postado pelo perfil dela no Instagram.

Muito legal.

IMG_0467

Agora, nos resta apreciar o que vem por aí…

Volto mais tarde | Ao som de Garbage – Special |

Café & TV: O que ver na Netflix, no Carnaval | E Infográfico…

O words of leisure é um blog extremamente comprometido, por imagem e semelhança, com aquelas pessoas que amam o Carnaval.

Para dormir.
Para ficar trancado em casa.
Que as saídas dessa sejam para uma piscina, restaurante, bar, cinema…

No máximo.

Então, o sábado já se foi, mas ainda há tempo.

A própria Netflix fez um infográfico, para mostrar quais séries estão no catálogo e para que, assim, você possa se amarrar no sofá e ficar de boa.

netflix-info

Muito bom.

Sem contar que o Ligado em Série, na sua coluna Netflixing, fez uma relação de séries e filmes a serem assistidos por lá.Bem legal.
Para acessar, basta clicar aqui.

E, para finalizar, tem também o posts do words of leisure, Dicas de Filmes: 50 Filmes Para Assistir Na Netflix. Não custa relembrar né?

E viva a reclusão!

Volto mais tarde | Ao som de Julieta Venegas – Me Voy |

Café & TV: Presidente da Netflix diz que pretende lançar 20 séries por ano

Cacilda, acabo de ler o post do Série Maníacos, Presidente da Netflix diz que pretende lançar 20 séries por ano!

netflix-series

Fica a pergunta:

Como terei vida, assim??

Para ler a notícia, clique na figura acima.

Volto mais tarde | Ao som de Garbage – Space Can Come Through Anyone |

Café & TV: Séries, “The Voice” – 7ª Temporada

Para começar esse texto, aviso: a 7ª temporada do The Voice americano foi a primeira que assisti na vida.

The Voice

Não tenho as outras temporadas como base de comparação.

Não tenho as versões brasileiras, britânicas, como base de comparação.

Não tenho outros programas de caça talento, do tipo musical, como base de comparação.

Quem acompanha o words of leisure já deve imaginar qual o motivo que me fez assistir a essa temporada, especificamente.

Continuar lendo “Café & TV: Séries, “The Voice” – 7ª Temporada”

R.I.P.: Hilda Furacão

Acabo de ler que faleceu a Hilda Furacão, aos 83 anos, em Buenos Aires, de causas naturais.

Em julho desse ano, fiz questão de publicar uma reportagem feita pelo Estado de Minas: Dica de Leitura: Jornal “Estado de Minas” Encontra Hilda Furacão. Ficou bem feita e interessante.

Fonte: Estado de Minas
Fonte: Estado de Minas

Logo após essa cobertura feita por eles, outros canais de mídia também foram atrás dela e se colocaram como se tivessem sido os primeiros. Achei de uma deselegância ímpar.

Por isso mesmo, coloco aqui a matéria feita pelo jornal mineiro, a respeito dessa senhora que despertou o imaginário de muita gente, mesmo sabendo que a Hilda Furacão de verdade não é aquela relatada no livro de Roberto Drummond.

Viveu uma vida intensa. Que descanse em paz.

Volto mais tarde | Ao som de Adam Levine – Lost Stars |

Dicas de Netflix: Dicas de filmes e séries para o final do ano

Um dos posts mais acessados nesse ano, no words of leisure, foi o Dicas de Filmes: 50 Filmes Para Assistir Na Netflix.

Totalmente compreensível, já que por mais que a Netflix esteja melhorando cada vez mais aqui no Brasil, ela ainda peca pelo acesso que dá a sua base de dados. Ainda é difícil saber tudo que está ali disponível.

ligadoemserieavatar

Então, com o mesmo intuito do post anterior – de ajudar – recomendo que vocês acessem o texto feito lindão do Ligado em Séries:
Netflixing | Novidades e dicas de filmes e séries para o fim de ano na Netflix!

Parece que será algo constante, então, vale a pena ficar atento.

Entre as séries recomendadas está a mais que maravilhosa The Good Wife que não cansa de me surpreender. Suas cinco primeiras temporadas estão lá! Assistam!!

Para ver a lista completa deles, basta clicar na figura acima.

Volto mais tarde | Ao som de Belle And Sebastian – Calculating Bimbo |

Café & TV: As 100 Melhores Séries da História, segundo jornalistas brasileiros!

Gostei de ver a lista feita por uma renca de jornalistas brasileiros para a Revista Mundo Estranho, com aquelas que seriam as 100 melhores séries da história.

Independente de concordar ou não.

Fonte: Ligado em Série
Fonte: Ligado em Série

Como foi escrito pelo pessoal do Ligado em Série:

Continuar lendo “Café & TV: As 100 Melhores Séries da História, segundo jornalistas brasileiros!”

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 10 anos do início de Desperate Housewives

2014: o ano em que quase nenhum dos Hoje…Algum Tempo Atrás foi postado no dia certo.

Impressionante.

Ontem…10 anos atrás…foi ao ar o episódio piloto de Desperate Housewives, uma das minhas séries favoritas na vida.

TERI HATCHER, MARCIA CROSS, FELICITY HUFFMAN, EVA LONGORIA, NICOLLETTE SHERIDAN

Tudo o que eu pensava sobre ela, ainda na época que era transmitida, foi escrito aquit: Séries de TV: Desperate Housewives.

Basicamente, nada mudou.

Esse post rendeu um convite para escrever sobre a última temporada dela, no Canal de Séries, algo que me fez muito feliz naquele momento (tirando o fato que acabei não escrevendo sobre o derradeiro episódio por conta de uma viagem, algo que lamento até hoje). Os posts podem ser visto aqui.

Desperate Housewives marcou época! As atrizes, os textos, a mistura de drama/suspense/humor. Aquilo ali foi brilhante, brilhante.

Claro que teve seus altos e baixos. Algumas temporadas não foram tão boas quanto as outras (tipo a segunda, a sexta…). Mas outras foram históricas, principalmente a primeira. O que foi feito ali, uma série protagonizada por atrizes acima dos seus 40 anos de idade, seus índices de audiência. Tudo sensacional.

Também a quarta e a última foram incríveis! As três são as minhas favoritas.

Eu não fui a única, obviamente, que achou que a série merecia destaque nessa data tão significativa:

10 Years Later, The First Season Of ‘Desperate Housewives’ Is Still A Television Touchstone

Desperate Housewives: Who was nearly cast in Wisteria Lane?

Happy 10th Anniversary, Desperate Housewives

Desperate Housewives: What do the cast look like 10 years on?

Abaixo, a promo do primeiro episódio.

E, abaixo, o do último.

E, como não poderia deixar de ser, a saudosa abertura:

Saudades demais.

Volto mais tarde | Ao som de Fernanda Takai – Insensatez |

Café & TV: Séries de TV, “Downton Abbey”

Hoje, Downton Abbey retorna, já na sua quinta temporada.

Exatamente ontem, eu consegui ficar em dia. Finalmente!

Downton-Abbey-

A melhor descrição que vi dela?

“A melhor Abbey, desde Abbey Road” (Entertainment Weekly)

Continuar lendo “Café & TV: Séries de TV, “Downton Abbey””

Café & TV: Séries de TV, “Scandal”

A Shonda Rhimes é, hoje, uma das roteiristas mais prestigiadas nos EUA. A mulher criou, entre outras, as séries Grey’s Anatomy, Private Practice e Scandal.

Euzinha, claro, assisto (ou assisti, no caso de Private Practice), todas.

Mas demorei para ver Scandal e o motivo era bem simples.

COLUMBUS SHORT, JOSHUA MALINA, KATIE LOWES, GUILLERMO DIAZ, DARBY STANCHFIELD, KERRY WASHINGTON, JEFF PERRY, BELLAMY YOUNG, TONY GOLDWYN

Grey’s Anatomy, por anos, foi excelente. Mas já tem anos que não é mais a mesma. Não parei de assistir porque não largo séries, mas seria bem passível de ser abandonada. Ainda mais agora, com a saída da maravilhosa Sandra Oh.

Private Practice eu assisti do início ao fim. E fui a única que conheço que fez isso. Fiz mais por simpatia a alguns dos atores, como a Kate Walsh, e por algumas histórias que me mantinham presa à série. Mas ela nunca foi amada de verdade.

Foi justamente por estar cambaleando com as outras, que eu demorei para começar a ver Scandal.

SCOTT FOLEY, COLUMBUS SHORT, JOSHUA MALINA, BELLAMY YOUNG, GUILLERMO DIAZ, DARBY STANCHFIELD, JEFF PERRY, TONY GOLDWYN, KATIE LOWES, KERRY WASHINGTON

Mas decidi ver pelos seguintes motivos:

  • Os repetidos elogios que via na internet e o sucesso que ela estava fazendo.
  • Kerri Washington, linda.

scandal-lead-623

 

  • O Tony Goldwyn, claro! Esse homem de Presidente dos Estados Unidos….

Tony Goldwyn

 

Aos que não sabem, a série conta a história de Olivia Pope (Kerri) e sua empresa de gestão de crises, a Pope & Associates. 

O que eu acho muito legal nela é pensar em todos os podres que envolvem o poder, como fazer a gestão de escândalos, etc. Tem boas histórias paralelas, mas o brilho está na principal, claro. Ela é muito bem amarrada e intrigante.

Sem contar que é muito bacana ver Scandal e House of Cards* ao mesmo tempo, já que na primeira o presidente é republicano e, na segunda, democrata. Mais uma amostra que são apenas lados diferentes de uma mesma moeda.

Ela tem aquele lado de patriotismo que pode afastar muita gente. Eu não ligo, apesar de não amar. Não é a minha série favorita, mas eu gosto. Por isso, escrevo e recomendo. Mas não com todas as minhas forças.

Antes que eu me esqueça #1: sim, tem muito sexo na série.

Antes que eu me esqueça #2: A partir da segunda temporada, o Scott Foley entra para o elenco. E ele está um espetáculo!
Ah, o meu eterno amor por Felicity!!

SCOTT FOLEY

Dá tempo de começar assistir antes que ela volte para a quarta temporada, já que a primeira e a terceira foram curtas.

Abaixo, o trailer da primeira.

*- House of Cards é absurdamente melhor que Scandal. Só para constar.

Fica a dica.

Volto mais tarde | Ao som de The Cardigans – Super Extra Gravity |