Dicas de NYC: Um belo hambúrguer no Baregurger!

Hambúrguer e Estados Unidos: o que dizer?

bareburger01

Acervo Pessoal

Continuar lendo

Anúncios

Prato do Dia: Patê de Beterraba com Sardinha, by Rita Lobo

Essa semana, tivemos a nossa aula mensal de culinária.  Nela, a entrada foi um carpaccio de beterraba com queijo de cabra. A maioria das pessoas ficou meio receosa quanto ao sabor do prato, referindo ao legume como algo insosso. Eu, Primogênita, passei a vida dizendo que uma das poucas coisas que eu não gostava era de beterraba. Já a Viviane gosta há muito mais tempo. A minha mudança de opinião ocorreu após assistir a um programa da Rita Lobo, Cozinha Prática, só sobre o legume e resolvi testar. Ela ensina que, para reter um sabor maior da beterraba, é melhor assá-la no forno do que cozinhá-la em água no fogão! Depois disso, virei fã!

Foto: Primogênita

Foto: Primogênita

Continuar lendo

Dica de Leitura: “Queijo Minas Artesanal e sua nomenclatura errada”

Sou da área das Relações Internacionais e amo aprender sobre outras culturas, tradições, etc. Talvez, justamente por isso, sou extremamente bairrista em relação à cultura mineira, em todos os seus aspectos. Acho linda demais.

Culinária, então, nem se fala.

Amo queijos com todas as minhas forças e os produzidos em Minas Gerais são rotineiramente devorados na minha casa.

Por isso, fui muito surpreendida com o texto do Bruno Camargos no Notas de SaborQueijo Minas Artesanal e sua nomenclatura errada.

queijominas

Fonte: Notas de Sabor

Concordo com a defesa dos produtos locais e acho que é de extrema importância a criação de uma identidade Made In Minas. Mas confesso minha plena ignorância frente às informações ali tratadas.

Cito:

Tenho visto mercados, supermercados, bancas em Mercados Centrais pelo Brasil e até delikatesens especializadas em queijo vendendo produtos com nomenclaturas bastante equivocadas.

Esse post visa contribuir para que a informação seja passada de forma correta. (…) Quando você vir um queijo sendo vendido como sendo Queijo Canastra de Araxá, procure o vendedor, oriente-o a passar a informação correta.

Logo após lê-lo, fui direto à geladeira e vi que o queijo ali localizado era um “Queijo Canastra de Araxá”. Absolutamente delicioso, mas…

Então, para ler o texto completo do Bruno, ver o esforço dele em torno dessa conscientização (que funcionou comigo), basta clicar na figura acima. Ou aqui.

Volto mais tarde | Ao som de Coldplay – Another’s Arms |