Música do Dia: Mundy – To You I Bestow

Serei muito honesta ao escrever que não conheço nada dessa banda, tirando To You I Bestow. Que amo.

Conheço porque ela faz parte da maravilhosa, sensacional, incrível trilha sonora do Romeu e Julieta.

Uma das melhores…..ever!

Se alguém puder me indicar mais músicas deles, estou super aberta.

Mundy - To You I Bestow

Kiss me and tell me it´s not broken
Kiss me and kiss me till I´m dead
See, I´ll give you the stars from the bruised ev ´nin´ sky
And a crown of jewels for your head, now
For your head, now, for your head, now, for your head now
If you come back, I´ll take you to the garden
We´ll dance to an orchestra on the lawn
And we´ll roll in the foggy dew
And dance with the ghosts upon the dawn
On the dawn, on the dawn

Volto mais tarde | Ao som de Mundy – To You I Bestow |

Anúncios

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 125 Anos do Charles Chaplin

Se estivesse vivo, este rapaz teria completado 125 anos. Ontem, não hoje.

Perdi a data certa, mas não teria como deixar em branco.

carlitos

Eu tenho até dificuldades em escrever sobre uma pessoa tão grandiosa, tão genial como ele. Acho que tudo já foi dito, né?

Então, ficam a admiração e o respeito. E as homenagens eternas.

Abaixo, em um de seus momentos mais sensacionais.

Brilhante, brilhante.

Volto mais tarde | Ao som de Os Mutantes – Baby |

Dicas de Filmes: As Melhores Comédias Românticas do Cinema

Finalmente uma lista de cinema em que eu não me sinto tão mal com o meu descaso com a sétima arte.

Afinal, mesmo assistindo poucos filmes, adoro uma comédia romântica.

E, ao ver a lista da Obvious, pude perceber que já vi um bom número dos que estão ali.

Alguns, inclusive, foram comentados aqui no words of leisure, como esse aqui.

obviousmagazine-cinema

Pouco importa se o post é de 2012. A lista é ótima.

obviousmagazine-bridget

AMO.

As duas figuras acima te levarão à lista completa, então, basta clicar em qualquer uma delas.

Divirta-se.

Volto mais tarde | Ao som de The Beatles – Mr. Moonlight |

Cinema: 10 Grandes Romances De Época

Em uma semana que só está dando Música por aqui (coisa linda), vou dar um tempo por conta do post do Adoro Cinema.

A lista com os 10 grandes romances de época reflete a minha realidade de sempre. Não vi a maioria mas, ao mesmo tempo, tem ali a adaptação para a telona de um dos meus livros favoritos. E este sim: li e assisti!

Orgulho e Preconceito (2005)

orgulhopreconceito

Antes de interpretar uma esposa infeliz a adúltera em Anna Karenina (2012), Keira Knightley ainda fazia o papel de uma jovem adulta em Orgulho e Preconceito (2005). A trama se passa no final do século XVIII, quando o sonho da maioria das garotas era encontrar um homem rico que lhe garantisse um bom futuro. Mas Elizabeth (Knightley) não quer seguir os planos impostos pela família, apaixonando-se por um homem tímido e misterioso (Matthew MacFadyen).

Orgulho e Preconceito, do mesmo diretor de Anna Karenina, confirmou o gosto de Keira Knightley por produções de época. Ela já tinha interpretado o papel feminino principal em Rei Arthur (2004) – filme mais voltado para a ação do que para o romance -, mas depois experimentou outros romances clássicos em Desejo e Reparação(2007) e A Duquesa (2008).

Amo.

Para ver os outros nove, clique na figura acima.

Volto mais tarde | Ao som de Justin Timberlake – Only When I Walk Away |

SalvarSalvar

Cinema: Os 10 Melhores Ganhadores do Oscar

Difícil falar de outra coisa, em dia de Oscar, né? Ontem, o post Cinema: 7 grandes injustiças do Oscar, pelo Papel Pop.

Hoje, os 10 melhores ganhadores do Oscar de Melhor Filme, de acordo com o Adoro Cinema.

Entre eles:

Forrest_Gump_poster

Forrest Gump – O Contador de Histórias (1994)

Forrest Gump – O Contador de Histórias – Quase 40 prêmios conquistados, entre eles três Globo de Ouro e seis Oscar: Melhor Filme, Diretor (Robert Zemeckis), Ator (Tom Hanks), Edição, Roteiro Adaptado e Efeitos Especiais. Para quem ainda não viu, ou não lembra, o filme tem Sally FieldGary SiniseRobin Wright e um pequeno Haley Joel Osment no elenco.

Amo, com todas as minhas forças!

Para ver os outros, clique aqui.

Volto mais tarde | Ao som de Al Green – Let’s Stay Together |

Cinema: 7 Grandes Injustiças Do Oscar, Pelo Papel Pop

Amanhã tem Oscar e, como sempre, não vi quase nenhum dos indicados.

Mas ainda assim, fiquei feliz com a coincidência da cerimonia acontecer junto ao Carnaval, porque permite assistir a tudo – se o sono não atacar – com a consciência tranquila de não ter que acordar cedo no dia seguinte, para trabalhar.

A apresentação ficará por conta dessa moça aí, a Ellen DeGeneres, que eu adoro! Veremos como se sairá, pela segunda vez.

elen-oscar

Pois bem, o super legal Papel Pop fez uma lista com 7 grandes injustiças do Oscar, incluindo:

“Rocky” venceu ”Taxi Driver”

rocky-taxidriver

Sério, Academia? Uma das maiores obras-primas de Martin Scorsese, “Taxi Driver” concorreu a quatro prêmios em 1977, mas não ganhou nenhum. Na categoria de melhor filme, perdeu para “Rocky”, que vamos combinar, não chega nem perto de “Taxi Driver”. Mais injustiça ainda foi com Scorsese, que nem foi indicado como diretor.

Querem ver as outras 6? Cliquem em alguma das figuras acima.

Depois, me digam aqui o que acharam.

Volto mais tarde | Ao som de Titãs – Prá Dizer Adeus |

Dica de App: Upflix

Certa vez, comentei aqui no words of leisure: Netflix acabará com o pouco que me resta de idas ao cinema.

Também aqui no blog, recomendei a excelente Revista iThing.

Pois bem, o presente post é uma junção de tudo isso, já que fui conhecer o aplicativo Upflix na Revista.

upflix2

Ele é uma mão na roda para os que fazem uso da Netflix, já que divulga – quase todos os dias – quais são os filmes, documentários e séries que são incorporados à base de dados da empresa.

E visto que um dos grandes problemas da Netflix ainda é o acesso à sua base, o Upflix torna-se bem importante.

Tem versão gratuita e paga, esta sem propagandas. Está disponível para iPad, iPhone, iPod. Também para Android.

Para download, clique na figura acima.

Muito bom. Fica a dica.

Atualizado em outubro/2014:

Durante o ano o Upflix apresentou algumas instabilidades, mas agora parece ter voltado ao normal. Veremos.

Volto mais tarde| Ao som de Nina Persson – Animal Heart | 

Música do Dia: Urge Overkill – Girl, You’ll Be A Woman Soon

Um dos poucos do Tarantino que meu coração conseguiu aguentar…

urgeoverkill001

Trilha sonora boa pra caramba…para não falar outra coisa.

I love you so much, can’t count all the ways
I’ve died for you girl and all they can say is
“He’s not your kind”
They never get tired of putting me down
And I’ll never know when I come around
What I’m gonna find
Don’t let them make up your mind.
Don’t you know…

Girl, you’ll be a woman soon,
Please, come take my hand
Girl, you’ll be a woman soon,
Soon, you’ll need a man

Volto mais tarde | Ao som de Urge Overkill – Girl, You’ll Be A Woman Soon | 

Café & TV: Cinema, “O Mordomo da Casa Branca”

Ainda não consegui chegar a uma conclusão, em relação ao Netflix (no que diz respeito a filmes, obviamente). Ou:

  • Ele salvará a minha vida e eu, finalmente, passarei a ver aqueles que gostaria;
  • Ele acabará com ela, já que praticamente não irei mais às salas de cinema.

Quando souber a resposta, avisarei aqui.

O fato é que, assim como em todos os anos, eu comecei 2014 com a intenção de ver mais filmes e, com isso, decidi ver O Mordomo da Casa Branca que já está lá disponível.

mordomocasabranca

Não é curto, são mais de duas horas. Que por ser baseada em uma história real, conseguiu me prender bem.

Ver o crescimento do personagem paralelamente à História dos EUA foi muito interessante. São relatados ai: o movimento de direitos civis, a morte do JFK, os Passageiros da Liberdade, KKK, a Guerra do Vietnã,  Martin Luther King, os Panteras Negras, entre outros.

Algumas cenas são impressionantes, como a da resistência dos negros para serem servidos junto aos brancos em uma lanchonete, em contraposição aos jantares presidenciais na Casa Branca.

Forest Whitaker está impecável e a Oprah Winfrey me surpreendeu muito como atriz, já que eu nunca vi A Cor Púrpura. Excelente.

E o elenco, em geral, todo muito bom também.

Só o final que achei um pouco sem graça.

Não é do tipo “imperdível” mas é bom.

Abaixo, o trailer:

Volto mais tarde | Ao som de The Knack – My Sharona |

Retro 2013: Os Melhores Do Ano, Pelo Pílula Pop

Um site que eu adoro acompanhar é o Pílula Pop.

Acho o slogan deles “Se o pop é uma droga, a gente é a bula” sensacional.

pilulapop2

Pois bem, compartilho com vocês três retrospectivas feitas pela equipe deles, que ficaram bem legais. Melhores álbuns, séries e e filmes de 2013.

Posso concordar, discordar, mas ainda assim, recomendo.

Além disso, também coloco os links para ver os votos de cada uma dos membros, para cada uma das listas.

Clique nas figuras, ou nos títulos, para entrar em cada um.

Pilulista: melhores álbuns de 2013

pilulapop-melhoresalbuns2013

Pilulista 2013 – os álbuns, voto a voto

Pilulista 2013 – as séries

pilulapop-melhoresseries2013

Pilulista 2013 – as séries, voto a voto

Pilulista: melhores filmes de 2013

pilulapop-melhoresfilmes2013

Pilulista: melhores filmes de 2013, voto a voto 

Volto mais tarde.
Ao som de Madonna – Frozen

Café & TV: Filme, “Frances Ha”

Frances-Ha-Poster

Um único motivo me levou a assistir Frances Ha, na Netflix: o fato dele ter estado em várias listas dos “melhores filmes de 2013”.

Seja em sites que gosto, ou em listas de amigos que respeito muito, no Facebook.

E assim, como quem não quer nada e sem ter ideia sobre o que se tratava, assisti àquele que foi sim, um dos meus filmes favoritos de 2013.
Mas, no meu caso, há um grande problema de referência, né? Assisti a pouquíssimos. Ainda assim, foi um dos que mais gostei.

Um filme de uma simplicidade adorável, com ótimos diálogos e uma trilha sonora sensacional.

Conta a história da Frances, sua amizade com Sophie e os relacionamentos em uma grande cidade, no caso, a amada Nova Iorque. Greta Gerwig, atriz principal e roteirista, conseguiu me cativar na sua luta em ser recém formada mas sem grana para tocar seus projetos. A menina é ótima!

Como não sou crítica de cinema, pararei por aqui porque não consigo seguir em frente sem “entregar o ouro”.
Mas vale muito a pena ver.
Adorável.

Abaixo, o trailer. Animem-se, com ele.

Volto mais tarde | Ao som de No Doubt – One More Summer |

Dica de App: 12 Dias de Presentes + Meu Pé de Laranja Lima

Já na reta final, o décimo dos 12 Dias de Presentes parece muito bom.

Isso porque acho que não surpreenderei ninguém que costuma visitar o words of leisure ao escrever que nunca vi Meu Pé de Laranja Lima, né?

10diadepresentes

Já baixei!

Para fazer o mesmo, basta clicar na figura acima.

Volto mais tarde.
Ao som de The Charlatans – Watching You

Dica de Filme: O Que Esperar Para 2014, De Acordo Com a Rolling Stone

Assim como todo início de ano, cá estou eu com as minhas promessas eternas de ir mais ao cinema, ou ao menos ver mais filmes no Netflix.

Por conta disso, entrei toda animada no link do post da Rolling Stone Os filmes mais aguardados pela Rolling Stone Brasil em 2014.

galeria-filmes-aguardados-de-2014-capa-hobbit

Sem querer ser chata, mas talvez já sendo, se depender dessa lista eu manterei minha média de idas às salas de cinema baixíssima.

Não me empolgou, mas vocês podem gostar. Então, cliquem na figura acima para ver o que eles esperam para esse ano que se inicia.

Volto mais tarde | Ao som de The Cardigans – Live and Learn |

 

Dica de App: 12 Dias de Presentes + Esqueceram de Mim

Já no quinto dia da promoção 12 Dias de Presentes, a Apple resolveu dar de graça um filme que todo mundo já viu, né?

apple-12diasdepresentes

Mas sei lá, né? Deve ter quem queira ter Esqueceram de Mim para sempre e para além da Sessão da Tarde.

Vai saber.

Para baixar o filme, basta clicar na figura acima.

Volto mais tarde.
Ao som de Wilco – Someone Else’s Song

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 20 Anos Do Filadélfia

Quase engasguei ao ver, enquanto tomava meu café da manhã, uma reportagem especial da GloboNews sobre os 20 anos do lançamento do Filadélfia!

Filadélfia

Um dos filmes mais emocionantes que vi na minha vida. Inteiro, sei que vi duas vezes, além de trechos soltos quando passava na televisão. Chorei em todas.

Filme maravilhoso, com atuações primorosas, além de uma trilha espetacular.

20 anos atrás….que coisa!

Lindo demais.

Volto mais tarde.
Ao som de The Cardigans – Live and Learn

Cinema: “A Menina que Roubava Livros”, Agora Legendado

Eu já fiz um post sobre o filme baseado no lindo livro “A Menina que Roubava Livros””.

A-Menina-que-Roubava-Livros-poster

Lá, o trailer estava sem legendas, então, aqui está a atualização.

Eu realmente espero não procrastinar, como sempre faço. Quero ver no cinema, mas se eu for me basear no meu passado…

PS: Ele realmente parece não ter a narração do livro, o que é triste. Mas ainda assim, verei. Acho.

Volto mais tarde | Ao som de The Pretenders – I’ll Stand By You |

Retro 2013: Os 10 Melhores Filmes, Pela Rolling Stone

Mais uma lista de final de ano.

Dessa vez, os 10 melhores filmes, de acordo com a Rolling Stone. A americana.

rolling stone

Entre eles, o comentado aqui no words of leisure, e muito amado, Antes da Meia Noite:

Nothing happens as two lovers, Jesse (Ethan Hawke) and Celine (Julie Delpy), continue to climb the Mount Everest of their relationship. In this story’s third part, after 1995’s Before Sunrise and 2004’s Before Sunset, director Richard Linklater and pitch-perfect co-writers Hawke and Delpy create the defining love story of a generation.

Lindos!
Para ver os outros, clique na figura acima.
Volto mais tarde | Ao som de The Cardigans – Iron Man |

Cinema: O Trailer De “A Menina que Roubava Livros”

Confesso que não sabia que o livro ganharia sua versão nas telonas, apesar de não me surpreender nem um pouco.

Chorei litros quando o li, o que me faz querer assistir o filme (mesmo sabendo que o livro é sempre melhor).

Abaixo, o trailer.

PS1: Não achei com legenda.

PS2: “A Menina que Roubava Livros” sem narração? Uhn? Espero que não…

Volto mais tarde | Ao som de The Beatles – Revolution |