Café & TV: Filme, “Garota Exemplar”

Eu vi muitos comentários positivos sobre Garota Exemplar, quando estava sendo exibido nos cinemas e à época do Oscar.

Como sempre, deixei passar e só fui ver no último final de semana.

Uma palavra, aqui auto-censurada, resumiria tudo:

gone-girl-poster

Continuar lendo “Café & TV: Filme, “Garota Exemplar””

Anúncios

#BadJokeFriday: Scarlett Johansson

Um amigo compartilhou na sexta passada.

Tive que segurar até hoje.

Imaginem o sofrimento!

IMG_4369

Eu ri!

Para aliviar um pouco essa semana cheia de notícias tristes…

Volto mais tarde | Ao som de Gomez – Machismo |

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 125 Anos do Charles Chaplin

Se estivesse vivo, este rapaz teria completado 125 anos. Ontem, não hoje.

Perdi a data certa, mas não teria como deixar em branco.

carlitos

Eu tenho até dificuldades em escrever sobre uma pessoa tão grandiosa, tão genial como ele. Acho que tudo já foi dito, né?

Então, ficam a admiração e o respeito. E as homenagens eternas.

Abaixo, em um de seus momentos mais sensacionais.

Brilhante, brilhante.

Volto mais tarde | Ao som de Os Mutantes – Baby |

Dica de Leitura: Lucas Mendes, “Hollywood na Guerra Quente”

Em tempos em que Rússia, Crimeia, Ucrânia não saem da TV, interessante ler o texto do Lucas Mendes para a BBC Brasil: “Hollywood na Guerra Quente”.

Sobre livros, guerras e cinema.

lucas mendesbbc

Cito:

Antes da Segunda Guerra, Holywood namorou nazistas, comunistas e fascistas. O mercado alemão era forte e o time da propaganda liderado por Joseph Goebbels conseguia editar ou barrar produções antinazistas.

Muitos editores e roteiristas não escondiam suas simpatias pelo comunismo russo, que parecia próspero e resistente à depressão que devastava a Europa e os Estados Unidos na década de 30.

As relações entre Hollywood e os militares americanos eram frias e desconfiadas, mas mudaram da noite para o dia com o bombardeio de Pearl Harbour, em 1941.

O novo livro de Mark Harris chega às livrarias no começo de uma possível nova Guerra Fria, que coloca o capitalismo ocidental contra o putinismo russo, mas o foco do livro está nos diretores de Hollywood que se alistaram para documentar a Segunda Guerra.

Para ler o restante, clique na figura acima.

Volto mais tarde | Ao som de No Doubt – Heaven |

Cinema: Qual Filme Brasileiro Você Indicaria a Estrangeiros Para Conhecer o Brasil?

Sarah Jacobs é estudante em Oxford e tem um blog na BBC Brasil.

Ali, ela escreveu o post Qual filme brasileiro você indicaria a estrangeiros para conhecer o Brasil?

Parte do ponto que os estrangeiros, ao citarem filmes produzidos por aqui, geralmente falam de Cidade de Deus ou Tropa de Elite.

E escreve:

bbcbrasil

Dá para entender – são alguns dos filmes brasileiros mais conhecidos e mais vendidos na Grã-Bretanha. São, inclusive, bons filmes: bem-feitos, com ótima atuação e direção. Mas o meu medo é que, filmes como esses, que são não só super violentos, mas também que tratam da realidade urbana de maneira bastante simplista e sensacionalista, afetem demais a imagem do Brasil no exterior.

Ando procurando filmes que buscam uma representação mais “verdadeira” da realidade brasileira, sobretudo no contexto de cidades urbanas.

Eu, claro, não tenho a menor ideia de como ajuda-la. Não somente por assistir pouco o cinema nacional, mas também por achar as coisas demasiadamente caricatas. Em geral, claro.

Então, pergunto aos universitários: vocês conseguiriam dar um help pra moça?

Para tanto, basta clicar na figura acima.

Volto mais tarde | Ao som de The Beatles – The Long and Winding Road |

Cinema: O Discurso do Jared Leto no Oscar

O discurso do Jared Leto foi o que mais gostei no Oscar.

Fez uma disputa boa com o da Lupita Nyong’o, mas venceu.

Como uma eterna fã de Minha Vida de Cão, bateu um orgulho.

Coisa besta, eu sei, mas bateu.

86th Annual Academy Awards - Show

Não achei, em nenhum lugar, em português.

Em inglês, foi assim:

Incredible. Ellen, I love you. To my fellow nominees, I’m so proud to share this journey with you. I’m in awe and have so much respect for you all. To the Academy, thank you. In 1971, Bossier City, Louisiana, there was a teenage girl who was pregnant with her second child. She was a high school dropout and a single mom, but somehow she managed to make a better life for herself and her children. She encouraged her kids to be creative, to work hard and to do something special. That girl is my mother and she’s here tonight. And I just want to say, I love you, Mom. Thank you for teaching me to dream. To my brother, Shannon, the best big brother in the world, you’re a true artist. Thank you so much for sharing this insane and amazing adventure that is 30 Seconds to Mars, and for being my best friend. I love you. Thank you.

To all the dreamers out there around the world watching this tonight in places like the Ukraine and Venezuela, I want to say we are here and as you struggle to… to make your dreams happen, to live the impossible… We’re thinking of you tonight. And this is, is incredibly special as well because there’s so many people that helped me get here. And I just want to say thank you to Focus Features, to Mick Sullivan, to Jim Toth, to Jason Weinberg, to Emma Ludbrook, to Kelly Adams, to the entire Dallas Buyers Club team. Matthew, I love. Jean-Marc. And this for the 36 million people who have lost the battle to AIDS and to those of you out there who have ever felt injustice because of who you are or who you love, tonight I stand here in front of the world with you and for you. Thank you so much and goodnight.

Na nossa língua mãe, porém partido e incompleto, é possível ver na Rolling Stone, clicando aqui.

Lindo demais! Jordan Catalano mandou muito bem.

Só me faltou ver o filme mas, pelo que li, foi merecido ele vencer.

Então, parabéns ao Jared.

Volto mais tarde | Ao som de Suede – Sabotage |

Infográfico: Os Vestidos Das Vencedoras De “Melhor Atriz” No Oscar

Quando imagino o trabalho que a Media Run Digital teve para fazer esse infográfico, penso que ele tem que ser compartilhado.

Aí embaixo vocês poderão ver, nada menos, que todos os vestidos usados por aquelas que venceram o prêmio de Melhor Atriz, no Oscar. Desde 1929.

Muito, muito interessante!

oscar-best-actress-dresses-de

Algum favorito? Eu não consigo escolher somente um.

Compartilhem, personas. Compartilhem.

Volto mais tarde | Ao som de Kasabian – Thick As Thieves |

Cinema: Os 10 Melhores Ganhadores do Oscar

Difícil falar de outra coisa, em dia de Oscar, né? Ontem, o post Cinema: 7 grandes injustiças do Oscar, pelo Papel Pop.

Hoje, os 10 melhores ganhadores do Oscar de Melhor Filme, de acordo com o Adoro Cinema.

Entre eles:

Forrest_Gump_poster

Forrest Gump – O Contador de Histórias (1994)

Forrest Gump – O Contador de Histórias – Quase 40 prêmios conquistados, entre eles três Globo de Ouro e seis Oscar: Melhor Filme, Diretor (Robert Zemeckis), Ator (Tom Hanks), Edição, Roteiro Adaptado e Efeitos Especiais. Para quem ainda não viu, ou não lembra, o filme tem Sally FieldGary SiniseRobin Wright e um pequeno Haley Joel Osment no elenco.

Amo, com todas as minhas forças!

Para ver os outros, clique aqui.

Volto mais tarde | Ao som de Al Green – Let’s Stay Together |

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 20 Anos Do Filadélfia

Quase engasguei ao ver, enquanto tomava meu café da manhã, uma reportagem especial da GloboNews sobre os 20 anos do lançamento do Filadélfia!

Filadélfia

Um dos filmes mais emocionantes que vi na minha vida. Inteiro, sei que vi duas vezes, além de trechos soltos quando passava na televisão. Chorei em todas.

Filme maravilhoso, com atuações primorosas, além de uma trilha espetacular.

20 anos atrás….que coisa!

Lindo demais.

Volto mais tarde.
Ao som de The Cardigans – Live and Learn

Hoje…Algum Tempo Atrás: Dois Importantes Aniversariantes Do Dia

A esse rapaz, que completa 50 anos hoje, meus parabéns ficam aos seus pais, por uma das melhores combinações genéticas da história.

Brad+Pitt

A esse rapaz, que completa 70 anos, por ser um caso milagroso de sobrevivência.

keith-richards

Sim, esse é um post a toa.
Final de ano dá nisso.

Volto mais tarde.
Ao som de The Rolling Stones – Miss You.

Vídeo do Dia: A Preparação Para “O Lago Do Cisne”

Quando criança, eu nunca sonhei em ser bailarina.

Muito pelo contrário.

Hoje, obviamente, vejo toda a beleza da dança, mesmo tendo o “Cisne Negro” como algo que me assustou bastante rs.

A dica desse vídeo eu vi no Petiscos, que escreveu:

A escola de balé de Nova York (New York City Ballet) uma das mais importantes do mundo, divulgou este vídeo em que as bailarinas Ashley Bouder e Sara Mearns se preparam para interpretarem o papel de cisne rainha. Elas explicam o que uma bailarina precisa ter para se destacar entre as demais.

É lindo né?

Fico chocada com o que esse pessoal consegue fazer.

Volto mais tarde | Ao som de The National – The Perfect Song |

Café & TV: 50 Filmes Para Conhecer Criticamente a História

Muito interessante o post “50 filmes para conhecer criticamente a História”. Como disse o Guilherme Antunes, que fez a lista:

Olá galera, preparei uma lista com alguns filmes para quem adora História. Um filme quando vai abordar algum contexto histórico ele utiliza recursos pedagógicos para uma maior aproximação, entretanto, é válido lembrar das vinculações ideológicas em determinadas obras. Por vezes, um filme tem mais a dizer sobre o momento em que foi produzido do que a época que pretende retratar.

Bom, todos que frequentam o words of leisure com alguma frequência sabem que eu sou muito ruim com filmes, não vi a maioria que está ali.

Mas assisti, e recomendo, esse aqui, por exemplo:

emnomedopai

O abaixo nem precisa comentar, né? Incrível!

temposmodernos

“O Nome da Rosa”, também sensacional.

nomerosa

“A Culpa é do Fidel!”….muito, muito, muito bom!

fidel

Então, quem gosta de Cinema e de História, vale a pena dar uma olhada no post. Para tanto, clique aqui.

Volto mais tarde | Ao som de Pearl Jam – Yellow Ledbetter |

Cinema: O Trailer De “A Menina que Roubava Livros”

Confesso que não sabia que o livro ganharia sua versão nas telonas, apesar de não me surpreender nem um pouco.

Chorei litros quando o li, o que me faz querer assistir o filme (mesmo sabendo que o livro é sempre melhor).

Abaixo, o trailer.

PS1: Não achei com legenda.

PS2: “A Menina que Roubava Livros” sem narração? Uhn? Espero que não…

Volto mais tarde | Ao som de The Beatles – Revolution |

Dica de Leitura: Mais Um Pouco Sobre o Antes da Meia-Noite

Eu já discordei veementemente do Pablo Villaça quando o assunto é política, no Facebook.

Como cansei, optei por ficar apenas com suas críticas de cinema.

Fiz bem, porque o texto que ele escreveu sobre o amado Antes da Meia-Noite ficou muito, muito bom!

before-midnight

Construído a partir de longos planos que permitem que os diálogos fluam com uma naturalidade que nos aproxima de seus personagens (uma abordagem já presente nos filmes anteriores), Antes da Meia-Noite se beneficia do envelhecimento/amadurecimento do casal de atores: agora um homem com abundantes linhas de expressão e a voz enrouquecida pela idade e pelo cigarro, Ethan Hawke surge como um homem que ainda exibe a jovialidade do passado, mas contrabalançada agora pelo peso do tempo, ao passo que Julie Delpy, com rugas e alguns quilos a mais (que ela exibe com o conforto que a autoconfiança proporciona), parece ainda mais linda como mulher do que era como garota. Assim, se antes discutiam sobre o futuro, suas ambições, receios e sonhos, Jesse e Celine passam a se concentrar nos equívocos do passado e nos problemas do presente, referindo-se ao futuro apenas como um hipotético cenário no qual se encontrariam no velório do parceiro.

E aí reside a genialidade de Antes da Meia-Noite: seria fácil construir um terceiro capítulo romantizado que atuasse como clímax dos encontros anteriormente adiados, mas optar por trazer Jesse e Celine já num contexto de casal amadurecido é algo que oferece um olhar adequado e natural sobre a experiência de um amor consumado. Ora, se antes os jovens se conheciam e reconheciam, desta vez se possuem com uma familiaridade que apenas a convivência traz, substituindo a idealização do passado por um conforto óbvio diante um do outro – e também por uma irritação subjacente perfeitamente compreensível. Por outro lado, se antes podiam apenas tentar adivinhar o que se passava na mente um do outro, agora Jesse e Celine possuem PhD em Celine e Jesse, respectivamente, conhecendo-se bem o bastante para se tornarem fatais em uma discussão por saberem exatamente onde acertar, que ferida espremer e que memória azeda do passado recuperar no momento propício.

Para ler o texto completo, clique na figura.

Volto mais tarde | Ao som de Sharon Corr – No Frontiers |

 

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 18 Anos de “As Patricinhas de Beverly Hills”

Cá estava eu, pronta para começar o meu final de semana após uma que foi deveras cansativa, quando vejo o pessoal do querido Mashable falando dos 18 anos do “As Patricinhas de Beverly Hills”. Sim, umas das piores traduções de nome de filme, ever! Ever!

E como eu acho que estamos todos no mesmo barco….

Se for para eu ficar deprimida com a minha velhice, que vocês fiquem juntos, né?

clueless

Eu nem era das mega fãs do filme, mas me diverti com ele.

Só que…Caramba…Olhem os celulares!

Querem saber as 15 vitais lições de vida que o filme te ensinou sobre a vida?

Cliquem na foto e descubram.

In English.

Volto mais tarde.

Ao som de Beady Eye – Bring The Light

iTube: O Trailer de Rush

O filme Rush – aos que não sabem – é baseado na incrível rivalidade do Nikki Lauda com o James Hunt.

Só isso já bastaria para me levar aos cinemas.

A parte publicitária não deixou lastros de dúvida a respeito disso…

rush-poster__span

O que é “Alonso x Vettel”, ou “Alonso x Hamilton” perto disso aqui? Vejam o trailer! Sensacional!

Volto mais tarde.

Ao som de No Doubt – Move On

Cinema: 15 Curiosidades Sobre Forrest Gump

Forrest Gump é um dos meus filmes favoritos na vida.

Já vi umas 189734876879 vezes e chorei em todas. Além de dar boas risadas. E amar a perfeita trilha sonora.

Adorei o  post feito pelo Rock n’ Tech com os 15 fatos curiosos do filme Forrest Gump que provavelmente você não sabia.

De fato, eu não sabia um bocado dos itens apresentados, viu?

Tipo:

forrestgump-curiosidades

Curti.

O link está ali em cima, no nome do post.

Volto mais tarde | Ao som de The Thrills – Just Travelling Through |