Música do Dia: Arctic Monkeys – Snap Out Of It

 

 

Sai dessa!

Arctic Monkeys - Snap Out Of It

Excelente.

What’s been happening in your world?
What have you been up to?
I heard that you fell in love
Or near enough
I got to tell you the truth…

Volto mais tarde | Ao som de Arctic Monkeys – Snap Out Of It |

Música do Dia: Arctic Monkeys – The View From The Afternoon

Adoro a música.

Adoro o vídeo.

streets1

Anticipation has the habit to set you up
For disappointment in evening entertainment but
Tonight there’ll be some love
Tonight there’ll be a rawkus yeah
Regardless of what’s gone before

And she won’t be surprised and she won’t be shocked
When she’s pressed the star after she’s pressed unlock
And there’s verse and chapter sat in her inbox
And all that it says is that you’ve drank a lot

Volto mais tarde | Ao som de Arctic Monkeys – The View From The Afternoon |

Listas: Quais Devemos Ter No Telefone…no Wunderlist

Gostei muito da lista feita pelo Chicken or Pasta, com listas que devemos sempre ter nos nossos telefones.

chicken-pasta

São coisas como: lugares para conhecer, ou os que fomos e gostamos, compras, coisas para aprender.

Listas do tipo que eu tenho, no meu Wunderlist, são:

Músicas/Álbuns para ouvir

Muitas vezes eu estou na rua, por exemplo, escuto uma música que não ouvia há tempos. Vou lá no wunder (somos muitos íntimos) e anoto qual é para não me esquecer.

Livro para ler

Às vezes, alguém fala de um livro legal que leu, ou eu leio algo na internet. De novo, vou lá e anoto.

Filmes para assistir

Algo que sempre acontecia, na época que eu alugava filme era ter vários que queria ver mas, na hora que chegava no estabelecimento, me esquecia quais eram.

Não tenho mais alugado porque a minha locadora favorita, com o cara que dava as melhores dicas possíveis, fechou. Sem contar que com Netflix, Now, iTunes Store….parei mesmo.

Mas continuo anotando os que me interessam….assistir é outra história.

Aplicativos para baixar

Alguém me fala sobre um aplicativo legal? Anoto, para baixar depois.

Blogs/Sites para visitar

No mesmo espírito das outras…

Essas listas valem muito à pena, principalmente pela correria nossa do dia a dia.

Aproveitem.

Quais são as que vocês fazem?

PS: Para acessar a lista do Chicken or Pasta, basta clicar na figura lá em cima.

Volto mais tarde | Ao som de Arctic Monkeys – Do I Wanna Know? |

Música do Dia: Arctic Monkeys – Do I Wanna Know?

Música de um dos grandes álbuns de 2013.

Indubitavelmente.

arctic monkeys do i wann know

Crawlin’ back to you
Ever thought of calling when you’ve had a few?
‘Cause I always do
Maybe I’m too busy being yours to fall for somebody new
Now I’ve thought it through
Crawlin’ back to you

Volto mais tarde | Ao som de Arctic Monkeys – Do I Wanna Know? |

Minha Retro 2013: Meus 10 Discos Mais Queridos de 2013

Como é sofrido fazer um post com retrospectiva de discos!!

Um dos maiores arrependimentos que tive com o words of leisure, no ano passado, foi não ter feito a minha lista com os meus álbuns favoritos de 2012.

2013 não foi um ano com vários discos que me viciaram horrores, como aconteceu no ano anterior, com o Push and Shove, do No Doubt, o Battle Born, do The Killers, ou o Strangeland, do Keane.

PS: pronto, acabei de resumir o que teria sido o post jamais escrito :-)

Tampouco foi um ano que escrevi tantas Review de Álbuns quanto gostaria, mas é a vida.

Então, aqui está a minha lista de 2013, com os meus 10 mais queridos. Com muito atraso, mas saiu.

E por que mais queridos? Não seriam eles os melhores? Não sei, talvez não. Mas foram os que mais gostei.

Sei que muitos discordarão de tudo, mas, who cares?

10: Franz Ferdinand – Right Thoughts, Right Words, Right Action

franz_ferdinand_-_right_thoughts_right_words_right_action-cover

O Franz continua sendo uma das minhas bandas do coração. Sem contar que os caras sabem fazer vídeos como poucos!

Eu gostei do Right Thoughts, Right Words, Right Action, mas não grudou tanto quanto os anteriores.

Ainda assim, entrou na minha lista.

09: Justin Timberlake – The 20/20 Experience (1 e 2)

Justin_Timberlake_-_The_2020_Experience

The_2020_Experience_2_of_2

É! O Justin Timberlake me surpreendeu bastante com seus discos ano passado. Eu gostava de uma ou outra música dos álbuns anteriores, mas o 20/20 Experience realmente ganhou muitos pontos comigo. Muito, muito bem feito. Os dois.

O menino é muito bom. E pronto.

Ah, gostei mais do primeiro que do segundo.

08: Billie Joe Armstrong and Norah Jones – Foreverly 

billie-joe-norah-jones-foreverly

Esse disco me surpreendeu muito mais pela presença do Billie Joe que pela Norah Jones, obviamente. Jamais poderia imaginar o líder do Green Day fazendo algo do tipo.

Mas como são boas as surpresas positivas, né? O disco é uma delícia só, do início ao fim.

07: Suede – Bloodsports (para ver o post relacionado, clique aqui)

suedecoverbloodsports

Os fãs do Suede em muito esperaram material novo da banda. Ele veio de forma a não deixar ninguém triste.

Bom, ao menos eu não consigo pensar que alguém possa ter ficado insatisfeito com o Bloodsports, que é excelente!

It Starts And Ends With You é ótima!

06: Sharon Corr – The Same Sun (para ver o post relacionado, clique aqui)

sharoncorr-thesamesun

Esse é um dos discos que mais justifica o motivo do post considerar os “discos mais queridos”. Não apareceu em nenhuma lista que eu tenha visto, mas foi muito bem recebido pela minha pessoa. Já falei aqui e aqui sobre a importância que o The Corrs tem na minha vida e como a Sharon Corr sempre foi a minha favorita na banda. Seu segundo disco solo ficou muito gostoso de ouvir.

Talvez, se tivesse sido feito por outra pessoa, uma que não me importasse tanto, não teria entrado na minha lista. Mas não é o caso. O carinho que sinto pela cantora + um ótimo disco colocou o The Same Sun aqui.

05: Arcade Fire – Reflektor

Arcade-Fire-Reflektor-608x608

Eu gosto bem de Arcade Fire, mas não me considero uma fã de carteirinha.

Ainda assim, o Reflektor é bem legal, fluiu super fácil.

04: Stereophonics – Graffiti On The Train (para ver o post relacionado, clique aqui)

stereophonics-graffiti-on-the-train-album-cover

Graffiti On The Train foi um alento no meu amor pelo Stereophonics. Sou muito fã dos primeiros discos deles, mas os três anteriores ao Graffiti não me encantaram tanto. Então, o lançado ano passado me fez voltar a ficar encantada pela banda do País de Gales. Muito, muito bom, mesmo.

03: Arctic Monkeys – AM

arctic-monkeys-am

AM é, na minha opinião, o melhor disco do Arctic Monkeys, disparado. Excelente, maravilhoso. Talvez, de fato, o melhor do ano!

Mas como ficou só na terceira posição aqui no words of leisure? Porque só tive acesso a ele no dia 30 de dezembro de 2013. Simples assim.

Incrível, incrível.

Do I Wanna Know é perfeita.

Discásso.

02: Travis – Where You Stand (para ver o post relacionado, clique aqui)

Travis_Where_You_Stand_album_cover

Sim, eu acho o AM um melhor álbum que o Where You Stand. Mas como já falei algumas vezes, essa não é uma lista de melhores discos, e sim, dos meus mais queridos.

E o WYS remete a um momento absolutamente especial na minha vida: ter visto o Travis e o Blur no Planeta Terra. Momento que foi relatado aqui e aqui.

O significado que ele ganhou o colocou tão bem colocado no meu ranking.

01: Julieta Venegas – Los Momentos (para ver o post relacionado, clique aqui)

Julieta-Venegas-Los-Momentos

Aí está a prova mais clara que esse é um post de discos queridos. Eu só vi o Los Momentos bem classificado, em 2013, em listas voltadas ao mercado latino.

Eu já era muito fã dessa mexicana antes do lançamento dele. Quando saiu, eu tive um pequeno estranhamento inicial, porque ele tem um toque eletrônico inesperado.

Mas foi só ouvir mais, ir ao show dela aqui em BH, que o amor virou absoluto. Algumas músicas têm letras tão tristes que chegam a doer, como Los Momentos e Verte Otra Vez.

Muito, muito belo! Indubitavelmente, meu disco favorito de 2013. Disparado.

Linda demais essa mexicana!

Bom é isso.

Volto mais tarde | Ao som de tudo isso que vocês leram acima. |

Música: O Discurso do Alex Turner no Brit Awards

Vocês viram o discurso do Alex Turner, no Brit Awards?

arctic-monkeys-brit-awards-2014

Ao ganhar o prêmio de melhor álbum, com o lindão do AM, o cantor do Arctic Monkeys disse:

PS: tradução feito pelo maravilhoso Tenho Mais Discos Que Amigos.

Esse rock and roll, eim? Esse rock and roll, não vai embora… Ele pode hibernar às vezes, voltar para o pântano. Eu acho que a natureza cíclica do universo onde ele existe demanda essa tolerância a algumas de suas regras. Mas ele está sempre lá, esperando, logo na esquina, pronto para voltar pelo lodo e entrar quebrando o teto de vidro, melhor do que nunca. Sim, esse rock and roll, parece que ele foi embora às vezes, mas ele nunca irá morrer. E não há nada que você possa fazer a respeito.

O que dizer além de Fuck yeah?!

Clique aqui para entrar no TMDQA.

Volto mais tarde | Ao som de Arctic Monkeys – Arabella |

Ilustração: Essa É A Minha Mãe!

Que bacana o trabalho do ilustrador Lucas Pamplona!

Ele pegou aquele clichê “mãe é tudo igual, só muda de endereço” e fez ilustrações com as frases que sempre ouvimos delas.

Abaixo, a mais certeira de todas, na minha humilde opinião.

leveguardachuva

Ou:

bebidaligar

Para entrar na página Essa é a minha mãe, basta clicar aqui.

Já para acessar a página geral dele, com outros trabalhos (também bem legais), é só clicar aqui.

Volto mais tarde | Ao som de Arctic Monkeys – Arabella |

Música do Dia: Arctic Monkeys – Do I Wanna Know?

Música sensacional do álbum, infelizmente ainda não comentado aqui no words of leisure, AM.

arctic monkeys do i wann know

(Do I wanna know?)
If this feeling flows both ways?
(Sad to see you go)
Was sort of hoping that you’d stay
(Baby, we both know)
That the nights were mainly made for saying things that you can’t say tomorrow day

Crawlin’ back to you
Ever thought of calling when you’ve had a few?
‘Cause I always do
Maybe I’m too busy being yours to fall for somebody new
Now I’ve thought it through
Crawlin’ back to you

Volto mais tarde | Ao som de Arctic Monkeys – Do I Wanna Know?

Dicas de Viagens: 58 Cafeterias Incríveis Para Conhecer nos EUA

Vi no Blog Paladar, do Estadão:

O blog Grub Street, ligado à New York Magazine, fez uma lista com “58 cafeterias extraordinárias” que merecem ser visitadas nos Estados Unidos. Além da descrição de cada uma, o site indica o que pedir em cada uma e traz um mapa com as localizações. Nova York lidera a lista, como a cidade que tem mais cafeterias imperdíveis. Ao todo, são 18. A cidade é seguida por Los Angeles, que tem cinco lugares.

É muito amor para uma reportagem só: cafeteria, viagem, bom atendimento…NYC!

É possível planejar uma ida à cidade só para conhecer esses lugares.

Sensacional!

cafeterias incriveis 1

Blog Grub Street

Olhem a descrição da primeira, por exemplo:

Amei.

Post do tipo: “salvar para a vida toda”.

PS: uma cafeteria que não entrou na lista, mas que eu amo é o OST Cafe, que já publiquei a respeito. Para ler, clique em Dicas de NYC: Ost Cafe.

Para ver a lista completa, em inglês, clique na foto acima.

Volto mais tarde | Ao som de Arctic Monkeys – Cornerstone | 

Hoje…Algum Tempo Atrás: Os 60 Anos de Cassino Royale

Essa é bem legal.

Há exatos 60 anos, Ian Fleming lançava “Cassino Royale”, “o primeiro livro de uma série de 12 aventuras de James Bond.”

Bond, James Bond.

Fonte: Estado de São Paulo

Fonte: Estado de São Paulo

O motivo pelo qual ele criou o personagem?

Em entrevista publicada no Jornal da Tarde de 1966, sua viúva falou sobre o que James Bond significou para Fleming: “ Ian era um romântico.Bond lhe permitiu, financeiramente, escapar ao tédio e à monotonia e conhecer um mundo de sonho. Ele não podia suportar a ideia de entrar à noite numa casa ‘com cheiro de cozinha e de crianças’. Ele detestava os carrinhos de bebês e a rotina diária de um casal.”

Adorei.

Para ler a reportagem completa do Estadão, clique aqui.

Volto mais tarde.

Ao som de Arctic Monkeys – Dancing Shoes

Dica de Blog: Brasil em Londres 2012

Faltam poucos meses para o maior evento esportivo do mundo!

Eu gosto muito de acessar o blog Brasil em Londres, para ter notícias dos atletas brasileiros que lá nos representarão.

Continue reading