Café & TV: Filme, “O Melhor Lance”

PS: Gente, vi esse filme em julho, comecei a fazer o post e me esqueci totalmente dele… a tal da velhice é complicada…

Certo dia, uma amiga recomendou a mim e outra amiga, que assistíssemos a certo filme que ela tinha visto na noite anterior e adorado.

Sabe quando você vai assistir sem ter a mínima noção do que vem pela frente?

Quando falo mínima, é mínima mesmo. Tipo, não sabia nem se era drama, comédia, terror…

E sabe quando você acaba vendo algo que te surpreende muito e você fica feliz da vida? Pois é, foi assim com O Melhor Lance.

o-melhor-lance

Por trás de um segredo, tudo pode ser falsificado. 

A sinopse eu tirei do Adoro Cinema:

No mundo dos leilões de arte e antiguidades de alta qualidade, Virgil Oldman (Geoffrey Rush) é um conhecido e apreciado especialista em arte. Ele é contratado por uma jovem herdeira, Claire Ibbetson (Sylvia Hoeks), para leiloar a grande coleção de obras de arte deixada por seus pais. Mas, por alguma razão, Claire sempre se recusa a ser vista pessoalmente. Robert (Jim Sturgess), que ajuda Virgil a restaurar e montar algumas peças mecânicas antigas que encontra na casa da moça, também lhe dá conselhos sobre como ganhar sua confiança e lidar com os sentimentos que tem em relação a ela.

Como já falei várias vezes, não entendo e não sou de assistir tantos filmes quanto gostaria. Mas quem me recomendou foi a Emilia, do Entrelinhas. Aí….

Espero que esteja disponível da Netflix Brasil ou em outro lugar…

Gostei bem.

Fica a dica.

Volto mais tarde | Ao som de Ray Davies – Days / This Time Tomorrow (with Mumford & Sons) |

Advertisements

Sobre “Entrelinhas”, e o orgulho de ver o resultado de muito trabalho

Eu já postei dicas de filmes e trailers por aqui, várias vezes.

Mas é muito diferente quando o filme foi feito por uma amiga muito amada.

Aí, é para explodir de orgulho.

enrelinhas-poster

Entrelinhas é o primeiro longa metragem da super talentosa e trabalhadora (e amiga) Emilia Ferreira, que vai estrear no próximo dia 21 de outubro, às 21h40, no Espaço Itaú Augusta.

“Dirigido por Emilia Ferreira e estrelado por Irina Björklund e Edoardo Ballerini, o filme é uma reflexão sobre a alma humana e o desejo feminino. ENTRELINHAS faz parte da Competição Novos Diretores do 40ª Mostra Internacional de Cinema.”

entrelinhas

Vejam o belo trailer, aqui.

(PS: para acionar a legenda em português, basta clicar em “cc”, abaixo da tela do vídeo).

Esse filme é resultado de correr atrás do que quer, de muito trabalho, muito esforço.

Nota do Estado De Minas.

entrelinhas-em

E do site, Mulher no Cinema:

“Entrelinhas” – [The Unattainable Story, EUA, 2016]
Na noite de estreia de uma peça teatral, o diretor, Skene, tem uma epifania sobre como a obra se construiu. Enquanto reflete sobre sua colaboração com a autora do texto, Jacqueline, ele suspeita que foi manipulado para dirigir a produção do jeito que ela queria e de modo a estimular a criatividade dela. Dirigido por Emilia Ferreira.

Curtam a página do filme no Facebook! Clique aqui.

Quem estiver em SP, vá por mim!

Aqui estão as datas de exibição de ENTRELINHAS na 40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo:

ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA – AUGUSTA 1 21/10/16 – 21:50
ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA – FREI CANECA 2 22/10/16 – 19:20
CIRCUITO SPCINE PAULO EMILIO – CCSP 27/10/16 – 16:50
ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA – FREI CANECA 6 02/11/16 – 17:40

Emilia, na torcida por você, sempre!

Volto mais tarde | Ao som de The Kinks – Strangers |

Doodle do Dia: Chaves, 45 anos do primeiro episódio.

Poucos dias após a triste notícia do falecimento do Rubén AguirreChaves completa 45 anos de exibiçäo do primeiro episódio.

Isso gerou homenagem do Google, com o fofo doodle abaixo:

chaves googledoodle

De acordo com o G1: “Criada em por Roberto Bolaños (1929-2014), “El Chavo del Ocho” foi ao ar em 20 de junho de 1971. Seu último episódio foi transmitido em 1980.”

Para ver no formato de gif animado, basta clicar na figura acima.

Volto mais tarde | Ao som de Suede – Stay Together |

Café & TV: Séries de TV, “Making a Murderer”

Uai, e não é que tem post novo por aqui??

making-a-murderer-netflix-poster

Sobrou um tempo para escrever e eu estava me corroendo por não postar sobre Making a Murderer.

Continue reading

Frase do Dia: Meredith Grey e o sucesso

Tem tempo que deixei de assistir Grey’s Anatomy, mas que teve coisa boa lá, teve.

Essa frase, inclusive.

meredith-sucesso

Mesmo o maior do fracasso,
mesmo o pior,
bate de longe o ‘nunca tentar’.

Fato.

Volto mais tarde | Ao som de The Smashing Pumpkins – Spaceboy |

Imagem do Dia: A atual capa da New York Magazine

A capa da New York Magazine dessa semana é forte.

“Cosby: The Women, An Unwelcome Sisterhood” (“Cosby: As mulheres, uma irmandade indesejada”) é o que diz a capa. 

35 das 46 mulheres que acusam o Bill Cosby de abusos sexuais, juntas.

Li algumas das histórias via Instagram e o que impressiona é como se parecem, mesmo sabendo (claro!), que cada uma é única.

Quando comecei a assistir séries de TV, o programa dele era transmitido e eu assistia, de vez em quando.

Choca, choca muito.

Volto mais tarde | Ao som de No Doubt – Magics in the Makeup |

Trailer do Dia: What Happened, Miss Simone?

Ontem, eu coloquei como Música do Dia a belíssima versão que a Ms. Lauryn Hill fez para Feeling Good, da Nina Simone.

Lá, coloquei o trailer do documentário que a Netflix produziu, o What Happened, Miss Simone?, que conta a história dessa que foi uma das maiores da história da música.

115850

A repetição de tema, aqui no words of leisure, é muito simples: o trailer não poderia ficar escondido dentro de outro post.

Coisa linda!

O álbum Nina Revisited: A Tribute to Nina Simone que tem a versão da Ms. Lauryn Hill, entre outros, será lançado no dia 10 de julho.

Já o documentário, What Happened, Miss Simone?, entrará no catálogo da Netflix no dia 26.

Volto mais tarde | Ao som de Nina Simone –   |

Dica de Netflix: FRIENDS no Feriado

Já foi muito anunciado por aí, mas não poderia deixar passar.

A Netflix agora tem todas as 10 temporadas de FRIENDS disponíveis.

friends

No meu caso, seria a possibilidade de ter todas as falas, de todos os episódios, de todas as temporadas, decoradas.

Estou quase lá.

Boa dica para o feriado.

Inclusive, bom feriado a todos que por aqui passam.

Volto mais tarde | Ao som de Julieta Venegas – De Mis Pasos |

Café & TV: Séries de TV, “Orange Is The New Black”

Quando escrevi sobre Veep aqui no words of leisure, falei sobre um comentário geral que tem sido feito nos últimos tempos, sobre como estamos vivendo uma era de ouro na televisão mundial.

A quantidade de séries de extrema qualidade que estão sendo feitas é, verdadeirmente, de impressionar.

Por exemplo, a própria VeepHouse of Cards, Mad Men, Game of Thrones, The Americans, The Good Wife, True Detective, a já encerrada Breaking Bad, entre outras.

Também está nessa lista: Orange Is The New Black (OITNB, para facilitar a vida)

Indubitavelmente, uma das séries mais corajosas que já se foi feita por aí!

Orange-Is-The-New-Black-Poster-Wallpaper  Continue reading

Café & TV: Filmes, “Chef”

Já falei algumas vezes, aqui no words of leisure, que tenho fé que o NOW e a Netflix darão uma salvada na minha vida cinematográfica. Tem funcionado razoavelmente bem, visto que minhas idas ao cinema estavam sendo rebaixadas ao nulo.

Algumas semanas atrás, estávamos aqui em casa e queríamos ver um filme tranquilo. Eis que apareceu o Chef na nossa frente e cumpriu sua função.

Chef-Poster

Continue reading

Infográfico: Oscar x Cannes

Fez muito sucesso aquela série de comparação entre Nova Iorque e Paris, lembram-se? A Primogênita até fez post a respeito, como vocês podem ver aqui.

Pois bem, seguindo a mesma leva, o site inglês Stylight elaborou uma comparação entre o Oscar e Cannes.

Olhem isso, bacana demais!

2015_CannesVSoscar_web_UK_infographic

PS: Sacanagem com o Di Caprio, hein? Hahahaha

#euri

Volto mais tarde | Ao som de Blur – Mirrorball |

Café & TV: Filme, “Garota Exemplar”

Eu vi muitos comentários positivos sobre Garota Exemplar, quando estava sendo exibido nos cinemas e à época do Oscar.

Como sempre, deixei passar e só fui ver no último final de semana.

Uma palavra, aqui auto-censurada, resumiria tudo:

gone-girl-poster

Continue reading

Café & TV: 10 filmes franceses para ver na Netflix

O words of leisure é intrínsecamente ligado às Relações Internacionais, em todas as suas formas.

Já coloquei dicas de filmes mexicanos a serem vistos na Netflix e agora está na hora dos franceses.

A lista veio do Catraca Livre. Dentre eles, já vi e recomendo horrores, pois amo: PiafOs Intocáveis e o muito amado O pequeno Nicolau.

O-Pequeno-Nicolau-2

Para ver quais são os outros filmes, basta clicar na figura acima.

Ou aqui.

Volto mais tarde | Ao som de Kasabian – La Fée Verte |

Café & TV: Séries de TV, “Veep”

Veep foi uma série que eu demorei para começar a ver.

O motivo era muito simples: eu não tinha tempo para passar a ver mais uma.

Só que alguns momentos, no ano passado, me fizeram mudar de ideia.

Ainda bem!

veep_ver3_xlg

Continue reading

Café & TV: Filmes mexicanos na Netflix

Tem como escrever post sobre o México sem ouvir Julieta Venegas? Não, né? Ok.

Os diretores mexicanos estão com tudo, não há como discordar.

Para ler sobre o assunto, clique aqui.

2000px-Netflix_logo.svg

Pois bem, ontem vi no blog Latinidade o post, Filmes mexicanos para ver na Netflix.

Eu não tenho como recomendá-los, como sempre.

Mas como fiquei com vontade de assistir alguns deles, penso que o mesmo pode acontecer com vocês.

Então, cliquem na figura acima, para ver a lista.

Volto mais tarde | Ao som de Julieta Venegas – Volver a Empezar |

Café & TV: O começo do fim de Mad Men, última parte

Então, hoje teremos o início do fim de Mad Men.

mad-men

Para finalizar a semana de homenagens a essa série espetacular, a sua abertura.

Lindíssima.

Uma das melhores de todos os tempos.

Simbora aproveitar o que nos resta…

Volto mais tarde | Ao som de Mad Men Opening Credits |

Café & TV: Lições de emprego, por Peggy Olson

Amanhã irá ao ar o primeiro episódio, da última temporada de Mad Men.

Na minha opinião, não há dúvidas que uma das personagens mais interessantes nessa jornada toda é a Peggy Olson, muito bem interpretada pela Elisabeth Moss.

Pensar em como a personagem começou, insegura e querendo agradar a todos, até ser bem sucedida como é “hoje”, é bem legal.

O LA.Times fez uma lista, como 11 lições de trabalho a serem aprendidas com ela.

Entre elas.

pegguolson-worktips

E essa!

peggyolson-worktips2

A-DO-RO.

Para ver as outras, basta clicar nas figuras acima. Qualquer uma delas.

Volto mais tarde | Ao som de Os Mutantes – Panis et Circenses |

Infográfico: Quanto custaria ser Don Draper hoje

Adorei esse info que mostra quanto custaria ser o Don Draper, hoje.

Dando seguimento às homenagens ao início do fim dessa grande série chamada Mad Men.

dondraper-today

Não está fácil pra ninguém.

Volto mais tarde | Ao som de No Doubt – Easy |

Café & TV: O nosso board de Mad Men, no Pinterest!

Inspirado no post de ontem, Os 35 Melhores Looks de Mad Men, surgiu este aqui. Após ver as fotos daquelas mulheres lindas, com roupas incríveis, fomos correndo à melhor fonte de inspiração dos tempos atuais: o Pinterest!

São tantas imagens lindas e produções incríveis, que não aguentamos: criamos um board exclusivamente para série!

Entre elas…

bb10bca51591f0dbbf5417f3212fe0e7

85909dce62195e74c8134fc76428c35d

2c391b48986dd74d9701a0ad541f3252

roger sterling

Para acompanhar o Pinterest do blog, para ver essas e outras lindas imagens, basta clicar em quaisquer das figuras acima.

Volto mais tarde | Ao som de No Doubt – Easy |