Dicas de NYC: O que fazer e o que não fazer na cidade, na forma de Infográfico

Já que o words of leisure tem passado muito de seu atual tempo falando sobre NYC, nada melhor que juntar essa paixão com outra: infográficos!

O abaixo mostra o que fazer e o que não fazer na cidade, para aqueles que nunca vieram.

Feita pela rede hoteleira Marriot.

O que não fazer: nada de bloquear rua, por exemplo.

O que fazer: não se restrinja a apenas Manhattan.

f0ebb023f5ac4eb2d2665a7ceb984955

Enjoy it.

Volto mais tarde | Ao som de Adele – Send My Love (To Your New Lover) |

Dicas de NYC: Visitar a Instalação da Cornelia Parker, no Metropolitan

Chover no molhado é colocar como dica de Nova Iorque uma visita ao Metropolitan Museum of Art. Museu incrível, impressionante, com um conjunto de obras simplesmente inacreditável.

E o que me faz babar é o fato de que você pode dar a quantia que quiser para entrar. Pode ser 25 centavos e está tudo certo. Afinal, tem muita gente com muita grana dando altas contribuições para a manutenção dele.

Isso é prover acesso ao topo da arte para todos.

Então, ok.

Aproveito para dar como dica a visita à instação da artista britânica Cornelia Parker, no terraço do museu.

Processed with VSCO with m5 preset
Acervo Pessoal

Continuar lendo “Dicas de NYC: Visitar a Instalação da Cornelia Parker, no Metropolitan”

Meu Ingresso: Não somente vi o Garbage mas conversei com a banda!

Jamais imaginava abrir meu coração dessa forma, em um post aqui no blog. Eita. Por isso ele ficou grandinho. 

Eu não posso falar que tive uma adolescência difícil. Afinal, só por ter tido casa, comida e roupa lavada, ela foi muito mais fácil do que a de, pelo menos, 70% da população mundial*.

Mas o que posso falar é que, definitivamente, não foi a época mais legal. Afinal, quando se passa dias indo a escola sem conversar com absolutamente ninguém; tendo notas absurdamente frustrantes; não se interessando por nem 5% do que os seus colegas faziam; sem ter nenhum rapaz que olhasse de volta e pensando que tinha algo errado comigo; não dá pra falar que eu estava dando saltinhos de alegria e mergulhando em mar de rosas, né?

E, por que escrevo isso?

Porque isso é muito relevante para que se entenda a importância que o Garbage tem na minha vida.

IMG_1781
Acervo Pessoal

E eu pude vê-los na última quarta. Na grade! E conhecê-los!

Muito mais um sonho realizado.

Continuar lendo “Meu Ingresso: Não somente vi o Garbage mas conversei com a banda!”