Coluna da Primogênita: Lisboa – Impressões Gerais

Na viagem para a Alemanha, devido a um grande atraso no vôo de ida que nos fez perder a conexão para Munique e a greve dos pilotos no dia da nossa volta, ganhamos dois dias, não previstos, em Lisboa! 

Miradouro São Pedro de Alcântara, Lisboa.  Foto:  Arquivo Pessoal
Miradouro São Pedro de Alcântara, Lisboa.
Foto: Arquivo Pessoal

Antes de continuar, gostaria de parabenizar a TAP que em nenhum momento questionou a sua obrigação de nos realocar, já que todos os incidentes foram responsabilidade deles e não só nos redirecionou como cobriu os custos de hospedagem, alimentação e transporte. Acho importante dizer isso pois, com tantos problemas enfrentados pelos passageiros de companhias aéreas nos dias de hoje, fiquei satisfeita com a responsabilidade da empresa.

E que lindo presente foi essa estadia em Lisboa! Desde que a Flávia Vilhena, escreveu sobre Portugal no seu saudoso blog Depois da Próxima Viagem, a minha vontade de conhecer a nossa antiga metrópole aumentou. E ao chegar lá, foi esse post dela que me salvou! Afinal de contas, não tinha nada programado, nenhum roteiro, o que para mim é algo fora do normal. Talvez por isso, Lisboa foi tão especial e surpreendente! Fui completamente arrebatada por essa cidade e quem já leu o meu post Viajar é pode imaginar o quanto fico feliz quando uma viagem me surpreende, muda meus conceitos, me faz ver as coisas de forma diferente! Lisboa fez tudo isso e mais um pouco!

Os portugueses nos receberam muito bem, foram muito simpáticos e estavam sempre prontos para um bate-papo, quer fosse para nos dar dicas da cidade, das comidas ou para falar de política! Em qualquer lugar -no táxi, no restaurante, na loja de departamento – a conversa rolava solta! Essa foi uma primeira surpresa, apesar de ter uma ascendência portuguesa próxima e de achar todos da minha família muito simpáticos :), essa não era a imagem que eu tinha do povo português, em geral. Nas poucas oportunidades que eu convivi com eles – durante o período que morei na França ou nos vôos que havia feito pela TAP –  vivenciei algumas situações de preconceito com brasileiros ou mal-humor. Que bom que essa imagem mudou! E isso me faz pensar o quanto é importante não generalizar!

Outra ótima descorberta foi ver o quanto Lisboa é vibrante! Talvez pelas temperaturas altas em pleno outubro, havia turistas por todos os lados, principalmente franceses. As ruas cheias (mas não lotadas), animadas, eventualmente com alguma apresentação musical, deram àquelas tardes uma impressão muito gostosa da cidade! E o colorido das construções, os diferentes tons, especialmente quando iluminados pela luz baixa do pôr do sol só aumentam essa sensação de alegria!

DPP_0006
Lisboa colorida. Foto: Arquivo Pessoal.

Um aspecto muito interessante foi passear pelas origens do Brasil, quer fosse indo aos pontos turísticos mais históricos, como também na observação dos pequenos detalhes, nas características das construções, e obviamente,  na língua portuguesa.  Uma sensação de familiaridade, de proximidade em um país estrangeiro, que é muito única!

Foto:  Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

E claro, não poderia finalizar esse post sem falar da culinária portuguesa maravilhosa!! Comi e bebi muito bem em Portugal! No próximo post, falarei com mais detalhes a respeito!

Enfim, amei muito Lisboa, apesar de ter ficado tão pouco tempo! Portugal se tornou um dos destinos que hoje quero muito explorar! Recomendo demais!

Anúncios

5 comentários em “Coluna da Primogênita: Lisboa – Impressões Gerais

Deixe uma resposta para Clarice Gomide Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.