Música do Dia: Garbage – Cherry Lips

Garbage batendo ponto.

Adoro esse clipe.

Garbage - Cherry Lips

You hold a candle in your heart
Go baby go go
You shine the light on hidden parts
Go baby go go
You make the whole world wanna dance
Go baby go go
You bought yourself a second chance
Go baby go baby go

Volto mais tarde | Ao som de Garbage – Cherry Lips |

Anúncios

Apenas Palavras: Um Post Em “Defesa” da Consuelo Blocker

Juro que tentei pensar em um título melhor que esse que dei.

Afinal, desde quando uma pessoa como a Consuelo Blocker precisa de “defesa”, né?

Ainda mais de mim.

Consuelo Blocker. Foto: Roberto Leone
Consuelo Blocker. Foto: Roberto Leone

Vamos por partes:

A Consuelo é dona de um dos poucos blogs de moda que ainda sigo. E acho uma delícia, porque além das fotos, das roupas maravilhosas, o Consuelo Blog tem dicas incríveis de viagens.

A descrição, abaixo, eu tirei da entrevista que ela deu ao Bruno Astuto:

Consuelo é filha de um dos maiores ícones brasileiros em matéria de moda e elegância, Costanza Pascolato, formou-se em relações internacionais* na universidade americana Brown e mora há mais de 20 anos na região da Toscana, na Itália, numa propriedade que pertenceu à família do navegador Américo Vespúcio. Cheia de autenticidade, transformou seu blog numa ‘sala de estar’ visitada por muitas mulheres de 35 a 65 anos**.

Como se não bastasse, ela sempre me pareceu super simpática, algo que pude confirmar no último encontrinho que ela promoveu aqui em BH.

Durante todo o tempo em que ela interagiu com as leitoras do blog, eu só cutucava a Primogênita e falava “nossa, que mulher linda!”

Educada, elegante, simpática. Inclusive, foi super atenciosa conosco quando a Primogênita falou sobre a existência do words of leisure.

Então, nesse momento, os que não sabem devem estar se perguntando: por quê um post em “defesa” dela?

consueloblocker
Dessa foto, não sei de quem é o crédito. Quando descobrir, eu coloco aqui.

Pois bem:

Ela é garota propaganda da Valisere.

Aos 50 anos.

E suas fotos com roupas íntimas causaram um rebuliço.

Aí, eu penso: “ok, as pessoas são livres para gostar, ou não, do que aparece por aí”. Mas o fato de se ter uma polêmica em torno disso me deixa abismada.

Na entrevista dada ao Bruno Astuto, ela disse:

Como foi a repercussão?

Recebi uma proposta de uma marca de roupa íntima e aceitei. Algumas pessoas não entenderam e para elas respondi que preciso pagar minhas contas. Mas muitas leitoras se identificaram e contaram que foi a primeira vez que elas viram que uma mulher mais velha pode ser sexy. Entendi que no Brasil é errado ser velha: você não pode assumir a sua idade e isso é muito estranho. Quando a mulher européia faz um topless ou se despe é um nu natural – elas não querem ser sensuais. E ser você quer ser natural, não tem que se importar se está magra, se o peito está para cima ou para baixo.

Poderia não ter escrito nada acima, apenas para dizer:

Se eu chegar aos 50 assim, ou pelo menos 50% assim, estarei feliz demais.

Que ela faça muito mais fotos, porque mostra que é muito possível amadurecer incrivelmente bem! Um exemplo muito bacana.

Sou muito fã.

Então, fica aqui apenas essa “defesa”. Ou melhor, uma singela homenagem.

Para acessar a entrevista dela ao Bruno Astuto, clique aqui.

Para entrar no Consuelo Blog, clique aqui.

*Alguma coisa em comum eu tenho com ela, hein? Dá-lhe RI!

**Ainda não estou nessa faixa etária, não! Ainda não!

Volto mais tarde | Ao som de Julieta Venegas – Verte Otra Vez |