Música do Dia: Madonna – La Isla Bonita

Madonna - La Isla Bonita

I fell in love with San Pedro
Warm wind carried on the sea, he called to me
Te dijo te amo
I prayed that the days would last
They went so fast

He told you, “I love you”

Volto mais tarde | Ao som de Madonna – La Isla Bonita |

Anúncios

Infográfico: Manhattan, Ilustrada

Mais uma demonstração da composição de Manhattan.

Para acalentar o coração, que está saudoso, como sempre.

IMG_4243

Fofa demais.

Só não sei quem fez…

Volto mais tarde | Ao som de Lily Allen – Not Big |

Esportes: Sobre a Espanha. Sobre o Xavi.

Eu não tenho expressado minhas opiniões sobre a Copa aqui no words of leisure.

É óbvio que, em termos dos jogos, ela está sensacional!

A eliminação precoce da Espanha gerou várias coisas na internet: análises, brincadeiras, textos.

Pra mim, o melhor de todos foi esse aqui, do Guilherme Palenzuela, sobre o grande Xavi.

Na minha opinião, um dos grandes dessa época. Que não ganhou o prêmio de Melhor do Mundo pelo acaso, chamado Messi.

A Espanha começou e acabou com Xavi. E nunca mais será a mesma

Muito, muito bom texto.

Xavi

Xavi é daqueles jogadores dos quais só se compreenderá o tamanho daqui a alguns anos. Aquela Hungria do Puskás. Aquela Holanda do Cruyff. Aquela Espanha do Xavi. É só 1,70m em campo. Pouca presença física, sem velocidade, agilidade, força, dribles desconcertantes, mas com uma capacidade de compreensão de jogo única e precisão técnica cirúrgica. E mesmo assim demorou para que ele tivesse os primeiros momentos de glória. A história de Xavi e do tiki-taka se misturam completamente. Xavi é o tiki-taka, e a Copa de 2014 denuncia que o tiki-taka é Xavi. Aquela história da equipe que se torna refém de um jogador…

Vale a leitura. Basta clicar na foto do moço.

Volto mais tarde | Ao som de Supergrass – Run |