Música: Sobre o Novo Álbum do Michael Jackson

Engraçado….

No início da semana eu conversava com um dos meus grandes amigos sobre os tais discos póstumos.

Há casos e casos, né? A Janis Joplin já tinha gravado o Pearl quase todo quando faleceu. Aí vai.

Mas em muitos casos, eu penso exatamente como o André Barcinski, quando escreveu:

André Barcinski

Se um músico escolheu não lançar determinadas músicas durante sua carreira, não é absurdo supor que ele não gostava delas e preferiu deixá-las inéditas. Mas a indústria da música não liga para esses detalhes, e costuma raspar o fundo do barril em busca de qualquer sobra que possa gerar uns trocados.

Esse trecho foi tirado do texto MICHAEL JACKSON: MORTO E FATURANDO, e fala sobre o novo disco póstumo do Rei do Pop, Xscape.

Eu ainda não o ouvi e pelo que ele escreveu, fiquei até bem curiosa. E concordo com o final:

É um disco caça-níqueis? Claro que sim. Mas se é para cometer necrofilia musical, que seja a melhor que o dinheiro pode comprar.

Mas ainda assim, pra mim há algo muito bizarro nisso.

Bom, para ler o texto completo, basta clicar no moço ali em cima.

Volto mais tarde | Ao som de Café Tacvba – Mediodia |

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.