Na Minha Estante: Ayn Rand, “A Revolta de Atlas”

Quem é John Galt?

Sabem como é encontrar um livro que serve para te dar forças frente a uma grande descrença com o mundo?

Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal

Vira e mexe a Ayn Rand aparece no words of leisure, no Frase do Dia. Entre elas:

liberdade ayn rand

O fato é que queria eu colocar o Revolta de Atlas inteiro, aqui.

Afinal, quem é John Galt?

ayn-destruicao

Por muito tempo, eu via pessoas que pensam a política de forma parecida com a minha recomendar A Revolta de Atlas, mas sempre enrolava para começar. Afinal, procrastinar está na minha essência.

Com o passar do tempo e com a repulsa por várias coisas que tenho visto por aí, a leitura se fez cada vez mais necessária.

Afinal, quem é John Galt?

aynrand-corrupcao
Até que vi na sua contracapa:

“Considerado o livro mais influente nos Estados Unidos depois da Bíblia, segundo a Biblioteca do Congresso americano, A revolta de Atlas é um romance monumental.” (Amazon.com.br)

Mais influente nos Estados Unidos depois da Bíblia….

Aí, não tinha mais como postergar, né? Impacta ler o que está escrito ali…

Afinal, quem é John Galt?

Quando o comprei e vi seu pequeno tamanho, mais de 1400 páginas, não pude evitar o pensamento de que a autora teria que criar um argumento/enredo muito bom para manter o meu interesse. Rand faz isso de forma sublime, sublime, maravilhosa.

Os personagens são muito bem construídos, tanto para amá-los quanto para odiá-los, e a história é elaborada de forma que gera uma absurda vontade em saber o que acontecerá com o Estados Unidos retratado, em que aqueles que são os produtivos vão sumindo, dando espaço cada vez maior a um Estado intervencionista que priva os indivíduos de suas liberdades.
Ps: Acalmem-se! Não contei nada que a contracapa não tenha escrito.

Um livro sensacional, que só aumentou minhas convicções políticas e a necessidade de lutar por elas.
Não no words of leisure, afinal eu abri mão de falar de política aqui, em prol da minha saúde física e mental.

Leitura que será obrigatória aos meus filhos e netos.
Leiam também.
Já aviso: quanto mais você acredita que o Estado deva ser grande e interventor na vida das pessoas, ou então que está nele a solução para as grandes mazelas do mundo, mais você odiará A Revolta de Altas.

Eu obviamente amei!

Volto mais tarde | Ao som de The Corrs – Runaway |

Anúncios

5 comentários em “Na Minha Estante: Ayn Rand, “A Revolta de Atlas”

  1. Cara, senti a mesma coisa que você quando terminei de ler A Revolta de Atlas. Me ajudou a fortalece mais e mais minhas convicções políticas. E apesar de ser um livro enorme, como flui bem a leitura nele. Muito rápida!
    Ps: você também ficou com vontade de esmurrar a cara do James Taggart durante todo o livro??? rssss

    Curtido por 1 pessoa

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s