Música do Dia: Aerosmith – Livin’ On The Edge

Tem como falar em Boston e não pensar no Aerosmith?

I don’t think so.

Aerosmith - Livin' On The Edge

Tell me what you think about your situation
Complication-aggravation
Is getting to you

If chicken little tells you that the sky is fallin’
And even if it wasn’t would you still come crawlin’
Back again?
I think you would my friend
Again and again and again and again

Something right with the world today
And everybody knows it’s wrong
But we can tell them no or we can let it go
But I would rather be hanging on

Volto mais tarde | Ao som de Aerosmith – Livin’ On The Edge |

Anúncios

Coluna da Primogênita: Boston/Cambridge

Vamos mudar um pouco de assunto, ou melhor, de cidade? Resolvi intercalar umas dicas de Boston/Cambridge às de NY, para variar um pouco.
Boston e Cambridge são duas cidades vizinhas separadas pelo rio Charles.

Boston é o centro comercial e financeiro, Cambridge abriga as duas melhores instituições de ensino do mundo: Harvard e o Massachussets Institute of Tecnology, o famoso MIT. E são essas diferenças que, somadas, fazem da viagem um passeio maravilhoso!

Boston e Cambridge Foto: Arquivo Pessoal
Boston (abaixo, na figura) e Cambridge (acima).
Foto: Arquivo Pessoal

Eu e Viviane tínhamos um motivo muito especial para fazer essa viagem. Uma grande amiga dela, muito querida, mora lá há quase um ano e resolvemos unir a fome com a vontade de comer: rever uma pessoa querida e passear, conhecer um lugar novo. Antes de continuar: Fernandinha, já te agradecemos mas quero fazer publicamente. Muito obrigada! Nossos dias com você foram excelentes!

Mas, se você não tem ninguém por lá, então por que ir a Boston/Cambridge?
  • Se você gosta de história, a região foi o centro do processo separatista dos Estados Unidos da metrópole Inglaterra e um tour por lá permite entender muito dos valores que ajudaram o surgimento desta grande potência mundial. Do ponto de vista arquitetônico, os edifícios antigos, bem preservados criam um contraste super interessante com os arranha-céus atuais. Vibrei com tantas imagens bacanas!

    Foto: Arquivo Pessoal
    Foto: Arquivo Pessoal
  • Apesar de ser uma grande cidade, o verde está sempre presente e o cuidado dos cidadãos com os parques e monumentos é encantador! As pessoas ocupam e aproveitam esses espaços públicos, de forma civilizada e educada. Por todos os lados, há pessoas andando de bicicleta, correndo, mães passeando com os carrinhos de bebê…Ainda tem o Rio Charles, com seus velejadores sempre presentes, construindo uma paisagem tranqüila. É tudo muito limpo, bem cuidado e lindo demais!
Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

  • Antes que você pense que está tudo muito histórico, limpo, quase que tedioso, chamo atenção que há muitos jovens, de todos os cantos do mundo vivendo por lá! Abrigando uma quantidade grande de universidades disputadas, o motivo é mais que óbvio e garante o agito local.
  • E falando em universidades, o passeio em Cambridge é simplesmente imperdível! Harvard e o MIT são centros de excelência completamente diferentes um do outro e por isso, ambos merecem a visita! Harvard é clássica, com parques lindíssimos, foi lá onde presenciei o outono mais lindo da viagem! Se você assistiu a série Gilmore Girls e se, como eu, adorava as paisagens da cidade fictícia Stars Hollow e no caso, do campus de Yale, aqui foi o lugar que já cheguei mais próxima disso!
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

Outono em Harvard Foto: Arquivo PessoalFoto: Arquivo Pessoal

  • Já o MIT, como instituto de tecnologia, apresenta uma arquitetura mais “modernosa”, contando, até mesmo, com prédios do arquiteto Frank Ghery (autor do projeto famoso do museu Guggenheim de Bilbao). Chique né?
Campus do MIT Foto: Arquivo Pessoal
Campus do MIT
Foto: Arquivo Pessoal

Minha impressão final de Boston/Cambridge é de se tratar das cidades americanas mais semelhantes à Europa, que já visitei até hoje. Valorização da educação, do conhecimento, da história, bem-estar social, bom aproveitamento do espaço público, associadas a diversão e paisagens lindíssimas! Aqui se sente o que é um país de primeiro mundo, o que é uma boa qualidade de vida!

Recomendo muito essa viagem e se você optar de fazê-la junto a um passeio a NYC, sugiro, veementemente, que a faça de trem. A viagem de quatro horas foi uma das mais bonitas que já fiz na vida, tudo tão lindo, que não consegui descolar os olhos da janela nem por um minuto!

Fotos: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

Vontade de voltar!