Música do Dia: Travis – Driftwood

Jisuis, tá chegando!

Travis - DriftwoodNobody is an island
Everyone has to go
Pillars turn to butter
Butterflying low
Low is where your heart is
But your heart has to go
Drifting under bridges
Never with the flow

Volto mais tarde | Ao som de  Travis – Driftwood |

Anúncios

Coluna da Primogênita: Dicas de BH – Via Gomide

Este é um post “mulherzinha”!
Foto: Fernanda Nasser (Minha fotógrafa predileta!)
Foto: Fernanda Nasser (Minha fotógrafa predileta!)
Resisti um tempo em escrevê-lo pois muitos poderiam me acusar de fazer jabá, já que a proprietária do Via Gomide é minha prima! Mas depois pensei: e daí? Se a dica é boa, tem fundamento, porque não dá-la? Vou ignorar uma dica e tanto, só porque a origem é familiar? De jeito nenhum…
O Via Gomide começou como um pequeno salão, em um prédio na Rua do Ouro, quase que como um endereço secreto, onde a divulgação ocorria no boca a boca entre clientes e suas amigas. Este mês, completou 15 anos, agora localizado em uma construção linda, planejada pelo renomado arquiteto Gustavo Pena, inicialmente para abrigar uma galeria de arte.  A idéia original do projeto não foi perdida pois, eventualmente, ainda há exposições por lá. Inclusive atualmente estão expostas as aquarelas lindas da Agnes Farkasvolgyi.
Foto: Fernanda Nasser
Foto: Fernanda Nasser
Exposição Agnes Farkasvolgyi no coquetel de comemoração dos 15 anos do Via Gomide. Foto: Fernanda Nasser (fofa!)
Exposição Agnes Farkasvolgyi no coquetel de comemoração dos 15 anos do Via Gomide.
Foto: Fernanda Nasser (fofa!)
Sim, é um salão de beleza, onde funciona uma galeria, abriga uma butique, comandada pela Flaviana Novais, presta serviços de consultoria de imagem, cursos de auto-maquiagem e ainda possui um jardim, onde se toma um café delicioso (eba!). Ou seja, um espaço múltiplo, cheio de estilo e bom gosto.
Foto: Fernanda Nasser
Foto: Fernanda Nasser
Foto: Fernanda Nasser
Foto: Fernanda Nasser
Essa evolução, atingida através de muita dedicação, deve-se também ao rigor, em prezar características difíceis de se encontrar em um salão de beleza: pontualidade, a preocupação em manter o espaço tranquilo, bom para relaxar, apesar dos secadores e das conversas femininas. As músicas, as revistas, a decoração criam um ambiente aconchegante. Mas, para mim, sem dúvida, o fator de sucesso mais importante é o respeito pela valorização da beleza natural de suas clientes. Lá, o objetivo é valorizar os pontos fortes e disfarçar as imperfeições. Nos eventos do Via Gomide, há a maior concentração de cabelos cacheados, por metro quadrado, da cidade e quiçá, do país! Lindos e bem resolvidos!:)
A auto-estima e saúde agradecem! Eu, como dermatologista, falo com propriedade!  Não só no que diz respeito à saúde geral e do couro cabeludo, mas acho que as horas diárias que eu ganhei, quando abandonei o secador e assumi meus fios cacheados, foram melhor aproveitadas, estudando!:)
Equipe Via Gomide Foto: Fernanda Nasser (fotógrafa mais que querida)
Equipe Via Gomide
Foto: Fernanda Nasser (fotógrafa mais que querida)
E para não dizer que o post foi só elogios, alerto para os preços que não são baratos. Mas acho que, dito tudo o acima, já era de se esperar!
Parabéns a Flávia e sua equipe, pelos 15 anos! Orgulho danado de vocês!
Endereço:
Via Gomide
Rua Terra 274, Santa Lúcia
(31) 32262420

Música: Cinco dicas pra passar um dia incrível em festivais!

Mesmo sendo totalmente obcecada por música e viciada em shows, festivais nunca foram a minha.

Por isso mesmo, achei útil o post feito pela Dani Cruz, Cinco dicas pra passar um dia incrível em festivais!.

Se teve alguma utilidade pra mim, pode ter para outros, né?

5DICAS

Entre elas:

Alguns itens que vão ajudar muito se estiverem na sua mochila: protetor solar, capa de chuva, uma blusa – apesar de ser em novembro, sempre esfria à noite e a pior coisa é passar frio em show -, canga pra sentar no chão sem estragar a roupa e muiiiiiito pique! Também prefiro levar dinheiro em espécie e não só o cartão, isso agiliza na hora de comprar as fichas do bar e garante caso tenha alguma falha de sinal nas máquinas de débito e crédito.

Bacana.

Para ver as outras, clique na figura acima.

Que venham Travis e Blur….e resistência…e pique.

Volto mais tarde.

Ao som de Travis – Eyes Wide Open