Música do Dia: Nina Simone – Don’t Explain

Indiscutivelmente, perfeita.

De doer, de tão bonito.

Volto mais tarde.

Ao som de Nina Simone – Don’t Explain

Anúncios

Esportes: R.I.P. María de Villota

María de Villota sofreu um dos acidentes mais pavorosos dos últimos tempos, na Fórmula 1, que levou, entre outras coisas, à perda do seu olho direito e várias cirurgias na cabeça.

maria_villota_piloto_marussia_2012

Superou (só ela poderia dizer) e estava para lançar sua autobiografia.

Foi encontrada morta hoje, aparentemente, por causas naturais.

Cito o Grande Prêmio:

A mulher se tornou exemplo de superação ao dar a volta por cima após um gravíssimo acidente sofrido em julho de 2012 durante um teste aerodinâmico na base aérea de Duxford, no Reino Unido. Na ocasião, o carro que ela conduzia acelerou subitamente enquanto ela parava e se chocou contra a rampa de carregamento de um caminhão que estava estacionado à beira da pista.

De Villota foi internada em estado gravíssimo e fez diversas cirurgias no crânio, além de ter perdido o olho direito, o olfato e o paladar, mas conseguiu se recuperar. A pilota lançaria, na próxima segunda-feira, o livro “A vida é um presente”.

A minha reação ao ler essa triste notícia? “Que b…a!”.

Tem coisas que não cabem a nós entender, mesmo.

Passar por um acidente tão grave, lutar pela vida tão bravamente, enfrentar toda essa inimaginável dor…e ir.

Vai entender.

Muito triste.

Descanse em paz.

maria_villota_piloto_marussia_2012-2

Muita paz.
Pilotos, equipes e dirigentes do esporte a motor lamentam morte precoce de María de Villota

Outras reportagens sobre ela:

Em primeira aparição após acidente, De Villota revela ter perdido olho direito, olfato e paladar

Em recuperação após grave acidente, De Villota afirma, emocionada: “Venci a corrida da minha vida”

Muita paz.

Volto mais tarde | Ao som de Julieta Venegas – Los Momentos |