Música do Dia: Candlebox – You

Do amado fundo do baú…

Candlebox - You

Volto mais tarde | Ao som de Candlebox – You |

Esportes: Arthur Zanetti, Campeão Mundial!

Acabei de ver a apresentação do Arthur Zanetti, que o sagrou nada menos que campeão mundial nas argolas!

Foto: Ricardo Bufolin / CBG
Foto: Ricardo Bufolin / CBG

Ele que, até então, era “só” campeão olímpico e vice campeão mundial.

E eu continuo a bater na mesma tecla desde o primeiro dia do words of leisure: o Brasil tem muita sorte de ter tanto capital humano, viu? Com os investimentos ridículos que temos em quase todos os esportes é quase milagroso ter resultados como esse.

Mas, na realidade, não há nada de milagroso nisso. É resultado de muito, muito, mas muito trabalho mesmo.

Para não nos esquecermos, em abril desse ano o rapaz deu uma entrevista ao Esporte Espetacular que é de dar vergonha: vergonha de ver que se um campeão olímpico treina nessas condições, o que pensar dos que não possuem um CV como o dele? Aos que não viram, basta clicar em Esportes: A entrevista do Arthur Zanetti no Esporte Espetacular.

Então, caro Zanetti, só me resta o post em homenagem ao seu brilhantismo e muito trabalho. Conquista na base de muito suor e dor. Simplesmente, fantástico!

Fantástico.

Para ver o vídeo com a incrível apresentação do rapaz (fico chocada com a força!) e a premiação, clique em ‘Perto da perfeição’, Zanetti bate rivais e é campeão mundial nas argolas.

Ou em Campeão olímpico e mundial, Zanetti assegura: ‘Agora não tem mais dúvida’.

O que cito do segundo texto da Globo?

Mais uma vez, Arthur Zanetti aproveitou o momento de glória para pedir avanços na ginástica brasileira. Neste ano, ele deu declarações fortes sobre a estrutura de treinamento no país. Na ocasião, ele chegou a cogitar treinar fora do Brasil

– Espero que tenham um olhar mais voltado para a ginástica. Ainda não tem nenhum centro de treinamento no Brasil. Precisamos disso. Rio 2016 está aí. Além de ajudar São Caetano, onde treino. Não só a gente, mas todos os clubes do Brasil.

Nada mais a declarar.

Exceto: parabéns!

Volto mais tarde | Ao som de Oasis – Champagne Supernova |