Dica de Leitura: “O Que é Beirute?”, por Gustavo Chacra

O Gustavo Chacra esteve, recentemente, em Beirute.

As fotos que publicava no Instagram só aumentaram, exponencialmente, a minha vontade de conhecer a terra da minha família.

Estadão
Estadão

Seu texto, então…

Na parte oriental da cidade, o bairro de Ashrafyeh, coração cristão de Beirute, permanece elegante. Restaurantes como o Abdul Wahab ainda servem pratos da culinária libanesa que tanto sucesso fazem ao redor do mundo, em lugares como São Paulo e Nova York. Sempre chama a atenção a calma das igrejas de diferentes denominações cristãs. O Líbano é um oásis para o cristianismo no Oriente Médio – o outro era a Síria. O shopping ABC, mais voltado ao público local, permanece cheio com libaneses indo ao cinema.

Gemeyzah, por muitos anos o centro da vida boêmia libanesa, também na área cristã, perdeu espaço. Nada relacionado à crise na Síria. Na verdade, os frequentadores simplesmente migraram para outras regiões de Beirute, como Hamra.

O centro reconstruído de Beirute, conhecido como Solidere, sofre com a ausência de turistas do Golfo, deixando muitos restaurantes vazios e as lojas do sofisticado Beirut Suks, um shopping de marcas caras em formato de mercado árabe, com as vendas em baixa. Ali perto, Seif Village, também reconstruída, mantém suas caras e charmosas ruazinhas totalmente calmas como se fosse uma pequena vila europeia.

Para ler o restante, clique em O que é Beirute? Uma fantástica capital mediterrânea em meio a guerras e inimigos 

Volto mais tarde.

Ao som de Julieta Venegas – Vuelve

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.