Música do Dia: Suede – Filmstar

Suede - Filmstar

What to believe in, it’s impossible to say?
What to believe in when they change your name,
wash your brain, play the game again, yeah, yeah, yeah

Volto mais tarde | Ao som de Suede – Filmstar |

Na Estante: A F1 e a Revista Warm Up

Final de semana com retorno da F1!

O Grande Prêmio, site do “muitas-vezes-citado-aqui” Flavio Gomes, já produz há um tempo a Revista Warm Up, que se encontra na edição 36.

Ela é especial, sobre a temporada 2013 e está maravilhosa!

warmup

Para fã algum botar defeito.

Para ler os editoriais, reportagens, perfis dos pilotos e equipes, clique aqui.

Volto mais tarde | Ao som de Guns n’ Roses – It’s So Easy |

Tecnologia: Ainda sobre o fim (revoltante) do Google Reader

Ainda no clima de revolta/tristeza com o fim do amado Google Reader, mais duas reportagens:

Fonte: Mashable
Fonte: Mashable

Apenas uma pergunta, Google: por quê?  Do Gizmodo

“A web acordou em luto com a notícia, divulgada ontem à noite, do fim do Google Reader. A partir de 1º de julho, daqui a menos de quatro meses, o agregador de feeds do Google será desativado. Por quê? Tanta gente usa, por que mesmo assim o Google fará isso? É difícil responder, mas temos algumas hipóteses.

Google Reader, o eterno marginal

O Reader surgiu numa época onde o Google raramente errava e estava engajado em uma corrida desenfreada para ocupar todos os espaços possíveis na web. Mat Honan traçou o histórico do serviço que, como ele aponta, começou como um projeto paralelo no Blogger, transformou-se em projeto experimental sob as asas do (finado) Labs e, em 2007, dois anos depois de aparecer para o mundo, ganhou o status de produto finalizado.

Isso talvez o surpreenda, mas ele era bem ruim no começo, usando uma metáfora esquisita e pouco prática de “rolo” na lista de feeds muito antes dela se firmar (e melhorar) nas interfaces sensíveis a toques. Levou um tempo até o Bloglines ser ultrapassado, mas quando isso aconteceu, foi de uma maneira agressiva, irreversível. O Google Reader tornou-se sinônimo de feeds.”

(…)

Check Out These Google Reader Alternatives  Do Mashable

Volto mais tarde | Ao som de The Killers – Runaway |