Música do Dia: Song 2

E no dia da comemoração atrasada dos dois anos do words of leisure, a banda que desde 1995 está ocupa um espaço absurdamente significativo no meu coração.

woo-hoo(4x)

I got my head checked
By a jumbo jet
It wasn’t easy
But nothing is, no

Woo-hoo, When I feel heavy metal
Woo-hoo, And I’m pins and I’m needles
woo-hoo, Well I lie and I’m easy
All of the time but I’m never sure why I need you
Pleased to meet you

I got my head down
When I was young
It’s not my problem
It’s not my problem

Woo-hoo, When I feel heavy metal
Woo-hoo, And I’m pins and I’m needles
Woo-hoo, Well I lie and I’m easy
All of the time but I’m never sure why I need you
Pleased to meet you

Yeah, yeah
Yeah, yeah
Yeah, yeah
Oh, yeah

Volto mais tarde.

Ao som de Blur – Song 2

Listas: 7 Jeitos Inusitados Para Ficar Mais Criativo

Criatividade é um tema recorrente aqui no words of leisure, né?

Seja com as 33 maneiras de se manter criativo, com os TEDs da Elizabeth Gilbert e da Sunni Brown, entre outros.

Talvez seja pelo fato de que eu me considere uma pessoa “nem um pouco” criativa, eu busco formas que possam me ajudar nessa “falha”, digamos assim.

Então, lá vem mais uma lista feita pela Revista Exame:

7 jeitos inusitados para ficar mais criativo 

Particularmente, adorei o parágrafo introdutório:

“Esqueça todas as teorias que argumentam que criatividade é um dom ou está relacionada com uma propensão genética ou é habilidade exclusiva de um seleto grupo de pessoas com um QI fora do normal. Pesquisas recentes comprovam: o ato de pensar fora da caixa e ter soluções inovadoras é o tipo de habilidade que pode, sim, ser desenvolvida.”

Será? Será? Vamos às dicas:

1. Vá a um café.

cafe-informacoes2

Continuar lendo “Listas: 7 Jeitos Inusitados Para Ficar Mais Criativo”

Dica de Leitura: Quando a Música Parou

When the Music Stopped é um texto escrito pelo escritor e editor brasileiro Antônio Xerxenesky para o The New York Times.

parini-articleInline

Sobre Santa Maria, a atuação dos políticos e como esses usarão a tragédia ao seu bem querer, da mídia sensacionalista, etc.

Triste. Muito bom.

Não tão diferente de muitos que já vimos por aí, mas serve também para treinar o inglês.

Volto mais tarde.

Ao som de The Cardigans – Tomorrow