No iPod: Os “Pais” do Indie

No meio de um feriado em que eu tenho que acabar ouvindo, mesmo a contragosto, muita coisa que não gosto, um post como o Os “Pais” do Indie , do Tenho Mais Discos que Amigos, vem como um alento.

The-Kinks

Cito:

Faz tempo que o  indie deixou de ser um termo que definia uma banda independente ou que fazia um som diferente do que era pop e por isso não tinha espaço no mercado. Hoje é um modo de vida, criado por padrões misteriosos que ninguém sabe muito bem de onde vem e pra onde vão; e boa parte das bandas que se dizem desse estilo estão longe de serem independentes, de não serem aceitas no mercado e de não serem pops.

Essa transformação é um movimento natural, assim como mudanças e apropriações culturais que já vimos em outros gêneros musicais… Mas de onde veio o indie? Essa lista, na semana dos pais, vai tentar enumerar alguns nomes que podemos considerar “pais” do gênero, por terem inspirado muitas bandas.

Ah, muito amor por The Kinks!!

Um pedaço de mim sempre morre quando escuto: “kinks? nunca ouvi falar”

Ahhhhh!

Para ver outras, clique aqui.

Volto mais tarde | Ao som de The Kinks – Sunny Afternoon |

Advertisements

Comentários

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s