Esportes: Brasil Tem Que Ser Realista, Mas Também Ambicioso

5 dias para os Jogos!

Alguns dias atrás, li uma entrevista em que o superintendente de esportes do COB, Marcus Vinicius Freire, falava que a expectativa para Londres 2012 é ter o mesmo número de medalhas que em Pequim 2008: 15.

Infelizmente, não vai rolar de lutar pelo ouro, né Fabiana? Situação compreensível.

Não gostei nem um pouco. É óbvio que ser realista é fundamental, mas o mesmo número? Sério?

O toque de realismo é necessário, por exemplo, no caso da Fabiana Beltrame que, mesmo campeã mundial, espera estar entre o sétimo e décimo-segundo lugar. E por que isso? Porque ela não competirá na classe que a levou ao título inédito para o Brasil, já que essa não é uma categoria olímpica. Então, é bem simples entender que ela não lutará pelo ouro, como gostaríamos, e consequentemente, não cobrar dela resultados impossíveis.

Mas um pouco de ambição não mata, muito pelo contrário. Só que com os investimentos feitos, fica difícil mesmo.

Meu colega de escola, Daniel Ottoni, escreveu a respeito disso no blog dele:

Presente, mas com as aspirações estagnadas

“Apoiar a trajetória e as dificuldades de um ciclo olímpico nem passam pela mente e vontade de muitos empresários e governantes, que mostram algum reconhecimento em períodos que vão de acordo com seus interesses pessoais.

Desta forma, dificilmente seremos uma potência olímpica. O governo também insiste em não dar ao esporte a valorização para produzir cidadãos e atletas de destaque e respeito. Se a base não funciona, o esporte nunca terá a função que lhe cabe. Estamos desperdiçados, em talentos humanos, assim como acontece com nossos recursos naturais, amplos e ao mesmo tempo escassos em sua produtividade e potencial.

A expectativa do COB é ter resultados de investimentos feitos no Rio 2016, como o dobro de medalhas além de estar entre os 10 primeiros no quadro de medalhas.

Veremos.

Volto mais tarde.

Ao som de Fiona Apple – Werewolf

Anúncios

Dicas de Apps: 11 Aplicativos Para o Seu Mac

Adorei ver o Huffington Post listar os 11 aplicativos gratuitos para iMacs e MacBooks!

A moda é só falar de smartphones e tablets, né?

Fonte: Huff Tech

A maioria eu não tenho.

Concordo plenamente com o que é dito sobre o Google Chrome! Está bem superior ao Safari, que terá que correr atrás para me ter de volta!

Para ver a lista completa, clique aqui.

Volto mais tarde.

Ao som de Transmissor – Poema da Batalha

Saúde: Como Cuidar da Pele Após Uma Tatuagem

Acabo de ler o post feito pela dermatologista Dra. Dayse D’Ávila sobre como proteger a pele após uma tatuagem.

Fonte: dradaysedavila.com/

Eu não tenho nenhum ponto tatuado no corpo porque sou medrosa pra dedéu. Mas tem umas que eu acho lindas! Outras, nem tanto, né?

Super válido o post. Para lê-lo, clique aqui.

Volto mais tarde.

Ao som de Muse – Survival