Dica de BH: Café Com Tango

A minha história com o maravilhoso Café com Tango começou em maio do ano passado, recém iniciada no meu novo trabalho, quando meu chefe me perguntou*:

“Viviane, você almoça sanduíche? Sanduíche de verdade?”

“Claro!”

“Está de salto alto”

“Não.”

“Então, vamos! Vou te mostrar o Café com Tango”

(*Foi algo do tipo.)

Antiga sede, na Marília de Dirceu. Ali começou a minha história com o café. Créditos: Aos quatro ventos.

Assim, fui apresentada ao extremamente simpático e delicioso Café, que ainda ficava na Marília de Dirceu.

Com uma atmosfera argentina que eu adoro, ele  me chamou atenção pelo tanto que os sanduíches são bem feitos, o atendimento da Malu muito atencioso, mas principalmente, mesmo sendo muito pequeno, sempre achei muito aconchegante.

Naqueles dois meses antes da minha secretaria mudar para a Cidade Administrativa, me dispunha a caminhar no sol cada vez mais insuportável de BH, de salto, descendo e subindo a Av. Olegário Maciel, porque os sanduíches, os sucos e os cafés simplesmente valiam a pena.

Entretanto, por motivos deles, o endereço mudou e o café, agora, está mais espaçoso. E mais perto do meu antigo local de trabalho. Penso que, se eu ainda estivesse lá, estaria rumando a obesidade.

Esse foi o que a primogênita comeu.

Tenho muitas dificuldades de recomendar algum sanduíche, porque acho que nunca repeti. Sempre tento algo novo e nunca me arrependi. Mas acho que o que mais me marcou foi o 30, de bife a milanesa (isso mesmo. Lá na Argentina isso é comum):

Bife a milanesa, mozzarella, rúcula, tomate, azeitona e pasta de cheddar**. Divino!

Esse, que eu comi, é o 54**. Maravilhoso.

**Não, eu não tive que decorar, ou anotar, os ingredientes. O café tem um blog e lá tem o cardápio disponível.

Foto do cardápio do café

Então, é isso. Café com Tango se tornou, em um ano, um dos meus lugares favoritos de BH. Afinal, comer um maravilhoso sanduíche, ao som de um belo tango, podendo conversar a vontade com a Malu, ou mesmo usar a internet de graça deles (#sounerdnãonego), e finalizar  com um belo expresso, é muito bom. Muito, muito bom. Mesmo. De verdade. Juro.

Ps: Os quadros dispostos no café são um caso a parte. É recomendável parar e observá-los. Este, abaixo, é o meu favorito com certeza.

Peguei essa foto no 4square. Não sei quem tirou….

O endereço?

Rua Santa Catarina, 1147 – Lourdes. Belo Horizonte, Minas Gerais. Tel: (31) 3293-5817.

Funcionamento?

– Segunda a sexta de 11h as 21h;

– Sábado de 8h30 as 15h

Aceita cartão, o que é um ótima novidade em relação ao antigo local.

Aproveito para colocar dois outros comentários de blogs que acompanho:

Aos quatro ventos;

Sem pepino, por favor (Só fiquei chocada ao ler que acharam os sanduíches pequenos. Eles super me satisfazem. Questão de tamanho de estômago, né?).

Fica a dica, people.

Volto mais tarde | Ao som de Madonna – Fever  |