R.I.P.: Whitney Houston, Parte 2

Durante a minha infância e adolescência eu estudei inglês no ICBEU e fiz parte do coral de lá.

(Sim, é legítimo pensar que eu não aprendi a cantar).

Justamente por ser o Instituto Cultural Brasil e Estados Unidos, antes das apresentações nós cantávamos os hinos dos dois países. Talvez por saber a letra e como deve ser cantado, fico ainda mais assombrada quando vejo a apresentação da Whitney Houston no Superbowl de 1991.

Alguns anos atrás, quando já estava afundada no vício, um jornalista americano (não lembro qual) escreveu que a ela deveria ser presa por atentar contra um patrimônio nacional: sua voz.

Exageros à parte, o mundo perdeu uma que era anormal. Fato.

Triste.

Volto mais tarde | Ao som de Whtiney Houston – I Have Nothing  |

Anúncios

3 comentários em “R.I.P.: Whitney Houston, Parte 2

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.