TED Talks: Madeleine Albright: “Sobre Ser Mulher e Diplomata”

Em um dos meus primeiros posts, escrevi sobre o TED. Mas, depois, não postei mais nada.

Então, vou comentar sobre um que me chamou atenção. O relato da primeira Embaixadora Permanente dos Estados Unidos na ONU e primeira mulher Secretária de Estado do país, Madeleine Albright, em dezembro de 2010. Foi um vídeo que gerou MUITA polêmica. Pessoas, no youtube, fizeram acusações do tipo: “O TED agora coloca uma criminosa de guerra para falar de crimes de guerra”, ou, “agora temos uma criminosa de guerra dando palestras motivacionais”.

Como eu acho que os vídeos polêmicos são muito mais interessantes que os que todos aplaudem, os que são muito belos, aqui está o que eu achei.

Obviamente, é necessário considerar o fato de ser uma americana falando da política externa do seu país. Ela é conhecida como uma brutal defensora dos interesses desse e esteve diretamente envolvida com importantes decisões, como a atuação na Guerra do Kosovo, entre outras. Mas ainda assim, algumas questões abordadas são interessantes de se pensar.

Ela comenta como era annoying o fato de como o que ela vestia, ou como ela estava, era sempre mencionado, algo que nunca acontecia com os homens que ocuparam os mesmos cargos que ela, anteriormente.

Ainda assim, a Sra. Albright salienta que é feminista convicta e reafirma, algumas vezes, como as mulheres são melhores nas relações pessoais, como dão uma abordagem diferente em negociações. Ao ser questionada sobre o avanço do tema no mundo, salienta que em alguns lugares as mudanças são lentas, enquanto em outros, nada mudou.

Particularmente, os pontos que mais me chamaram atenção foram quando ela falou da atuação de mulheres nos postos mais altos da ONU; como teve a intenção de tornar a “mulher” o centro da Política Externa Americana; e a discussão se isso era um soft ou hard issue. Para ela, é hard visto que lida com questões de vida ou morte.

Mas de todos, foi a abordagem de quando o estupro passou a ser entendido como uma arma de guerra, ao falar da Guerra da Bósnia, que mais deteve a minha curiosidade.

Um momento interessante foi quando ela falou que a neta dela, uma criança, não entendia a relevância da avó ter sido Secretária de Estado, visto que só mulheres ocupam o posto (ex: Condolezza Rice e Hillary Clinton). É tudo uma questão de referência, né?

Para finalizar, o tema da Sra. Madeleine Albright:

“There is a special place in hell for women who don’t help each other”*

“Há um lugar especial no inferno para mulheres que não ajudam umas as outras” (Tradução livre).

Não coloquei todos os pontos para deixar pelo menos alguma coisa nova ao assistir o vídeo, né?

Volto mais tarde | Ao som de The Cardigans – Please Sister |

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s