Café & TV: Séries de TV, “Making a Murderer”

Uai, e não é que tem post novo por aqui??

making-a-murderer-netflix-poster

Sobrou um tempo para escrever e eu estava me corroendo por não postar sobre Making a Murderer.

Continue reading

Um post qualquer….fim do words of leisure?

Meus caros,

Como alguns poucos podem ter percebido, há muito o words of leisure não é atualizado, né?
2015 foi um ano de incríveis mudanças tanto na minha vida quanto da Primogênita (só que nesse post, eu vou falar por mim).
Sendo muito honesta, as mudanças na minha vida não são algo que tenho tido vontade de expor aqui; a absurda (e previsível) crise pela qual o nosso país passa tampouco me dá vontade de dar dicas de lugares, etc…
Claro que sinto muita falta de escrever por aqui: quando assisto a um filme (sabia que a Netflix seria minha salvação); quando vejo uma nova série ou quando alguma que eu gosto chega ao final; quando acabo de ler um livro ou um texto legal; quando escuto um álbum novo, testo um aplicativo….
Algumas vezes, durante o semestre, eu pensei que conseguira escrever, mas não rolou.
Ainda assim, mesmo com os meses que se passaram sem escrever, 2015 foi o ano com o maior número de acessos do blog. A média nesse tempo caiu, mas como antes estava bem acima, deu uma balanceada.
Por isso mesmo, não sei o que fazer… Se deixo o blog no ar para que as pessoas tenham acesso aos post? Fecho tudo? Fico só com Instagram e facebook (bom, aí eu teria que finalmente fazer a página né?)?
Eu, realmente, não sei. Mas, por enquanto, deixo aqui o meu mais profundo agradecimento a todos, por tudo.
Esse blog me deu muito mais do que eu jamais poderia imaginar. Valeu mesmo, à todos vocês, de coração.

Dica de Viagem: Fotografem as tags das suas malas!

Este é um post que eu jamais queria escrever, mas já que aconteceu, melhor que sirva para tentar ajudar os outros, né?

Como falei no meu post anterior, recentemente passei pela situação de ter malas extraviadas. Pela segunda vez e pela mesma companhia aérea. Só que, da outra vez, eu estava retornando ao Brasil, o que significa que tinha algumas coisas comigo, em casa.

Foto tirada do Google Images. Não é minha, tampouco das minhas malas.

Foto tirada do Google Images. Não é minha, tampouco das minhas malas. Nem é a mesma companhia.

Dessa vez não.

Continue reading

Dica de Washington D.C.: Old Ebbitt Grill

E após um longo e tenebroso inverno, eis que temos um novo post no words of leisure.

Minha vida mudou um bocado nos últimos tempos, o que dificultará bastante as postagens por aqui. Mas, sempre que possível, escreverei já que não consigo abrir mão desse prazeroso vício. Então, não deixem de entrar aqui, de vez em quando, para verem se há atualizações, ok?  

Conhecer o Old Ebbitt Grill foi parte de uma situação que eu vivi, que muitos já viveram e que espero que nunca mais aconteça: voo cancelado, ficar sem mala, ser recolocada em um novo voo no horário mais esdrúxulo possível e por aí vai…

oeg

ebbitt.com

Mas essa situação me permitiu, ao menos, ver um pouquinho de Washington DC. O que, definitivamente, não é o pior dos mundos.
Como tinha poucas horas para passear na cidade, resolvi ir ao básico mesmo: o National Mall & Memorial Parks, que engloba a Casa Branca, o Capitólio, vários museus, monumentos e memoriais, como o Thomas Jefferson  Memorial (quem acompanha o words of leisure não tem dúvidas que fui lá e que achei fantástico, né?).

Continue reading

Música do Dia: The Cardigans – Explode

Eu tenho uma playlist no meu telefone que é um tributo à Nina: seja no seu álbum solo, com o A Camp e, claro, com o Cardigans.

Só tem dado essa playlist nas últimas duas semanas….

the-cardigans

Ainda mais essa versão de Explode, que é incrível.

’cause you’re deserted
what’s good, you hurt it
and kills you it keeps you alive

Volto mais tarde | Ao som de The Cardigans – Explode |

Frase do Dia: Meredith Grey e o sucesso

Tem tempo que deixei de assistir Grey’s Anatomy, mas que teve coisa boa lá, teve.

Essa frase, inclusive.

meredith-sucesso

Mesmo o maior do fracasso,
mesmo o pior,
bate de longe o ‘nunca tentar’.

Fato.

Volto mais tarde | Ao som de The Smashing Pumpkins – Spaceboy |

Imagem do Dia: A atual capa da New York Magazine

A capa da New York Magazine dessa semana é forte.

“Cosby: The Women, An Unwelcome Sisterhood” (“Cosby: As mulheres, uma irmandade indesejada”) é o que diz a capa. 

35 das 46 mulheres que acusam o Bill Cosby de abusos sexuais, juntas.

Li algumas das histórias via Instagram e o que impressiona é como se parecem, mesmo sabendo (claro!), que cada uma é única.

Quando comecei a assistir séries de TV, o programa dele era transmitido e eu assistia, de vez em quando.

Choca, choca muito.

Volto mais tarde | Ao som de No Doubt – Magics in the Makeup |

Música do Dia: The Knack – My Sharona

Semana passada (acho), essa música foi mencionada lá no trabalho.

Desde então, ouço pelo menos uma vez por dia.

Divertida demais.

The Knack - My Sharona

When you gonna give it to me, give it to me.
It is just a matter of time Sharona
Is it just d-d-d-destiny, d-destiny?
Or is it just a game in my mind, Sharona?

Volto mais tarde | Ao som de The Knack – My Sharona |

No Meu iPod: Wilco disponibiliza disco novo, gratuito

Na última quinta (acho), o Wilco disponibilizou seu mais novo disco, para download gratuito.

Do nada.

De surpresa.

Simplesmente, porque acham que isso é legal.

E é mesmo!

Quando penso que há pessoas que não conhecem a banda, sinto uma pena da humanidade….

11755826_10153453148440421_5736092065414544291_n

Para ter acesso ao download do Star Wars, basta clicar na figura acima!

Ah, é por tempo limitado, viu?

Volto mais tarde | Ao som de Wilco – Where Do I Begin |

No iPod: Ringo Starr, Explicado

Pelo amor de Deus, alguém faça a legenda desse vídeo?
Quando o Ringo foi introduzido ao Hall da Fama (muito tarde, por sinal), essa homenagem foi feita.
Grandes bateristas falando sobre a técnica dele, sua criatividade e o quanto é brilhante.
Simples. Fazia muito com pouco.
Criativo.
Com grande percepção musical.
E é sensacional, porque não é raro ouvir pessoas que tentam tirar o valor dele, ao comparar com os outros 3 colegas de banda.
Bando de besta.
AP_ringo_starr_jef_150417_16x9_992
Sensacional, sensacional.
Muito obrigada, Maurício, por compartilhar.
Volto mais tarde | Ao som de The Beatles – Come Together |

Música do Dia: Mary J. Blige – Don’t Let Me Be Misunderstood

Caramba, que versão linda!

Nina revisited

I’m just a soul whose intentions are good
Oh Lord, please don’t let me be misunderstood

Volto mais tarde | Ao som de Mary J. Blige – Don’t Let Me Be Misunderstood |

Coluna da Primogênita: Dicas de Exposições em São Paulo

Se você está em São Paulo e gosta de artes, não pode deixar de conferir duas exposições incríveis que acontecem esse mês de julho. Se você não gosta de artes, vá de qualquer maneira, pois há grandes chances que você passe a gostar!

O Instituto Tomie Ohtake abriga Joan Miró, a Força da Matéria que reúne o maior número de obras do artista catalão já visto no Brasil, dentre elas pinturas, esculturas e fotografias.

Continue reading

Trecho de Música do Dia: Você nunca andará sozinho, por Oscar Hammerstein II

Essa música é inspiradora demais…

Caminhe através do vento
Caminhe através da chuva
Mesmo acreditando que seus sonhos tenham sido jogados [ao vento]
E massacrados

Caminhe, caminhe
Com esperança em seu coração
E você nunca andará sozinho

quote-walk-on-walk-on-with-hope-in-your-heart-and-you-ll-never-walk-alone-oscar-hammerstein-ii-306511

PS: Trecho de Música do Dia é nova, hein?

Volto mais tarde | Ao som de Gerry & The Pacemakers – You’ll Never Walk Alone |